Jogos Regionais: Programação do 5º dia de disputas (5/jul)








Clique aqui para ler ››

Jogos: Handebol feminino de Jundiaí massacra de novo: 73 a 0

Jundiaí fez bonito novamente no handebol feminino, goleando Mairinque por impressionantes 73 a 0 e confirmando, sem nenhuma dificuldade, a primeira colocação no grupo. O jogo deste sábado (4) atraiu diversos jundiaienses para as quadras do anexo do Bolão. Logo nos primeiros minutos de jogo, Jundiaí já estava com uma distância segura no placar e, sem dar chances ao adversário, chegou facilmente aos 33 a 0.

No segundo tempo, Mairinque passou a melhorar na defesa e no ataque, mas Jundiaí continuou fazendo gols sem dó. Ainda no segundo tempo, Bruna Marujo, camisa 14, sofreu uma contusão no rosto ao levar um tapa em decorrência de uma jogada, e Rafaela Fernandes, camisa 4, foi expulsa após levar dois cartões amarelos, ambas do time de Mairinque. O que facilitou ainda mais para o time jundiaiense chegar aos 73 gols.

Segundo Rita de Cássia Orsi, técnica do time de Jundiaí, esse placar não é bom para o handebol como modalidade. “Eu fico muito chateada de ver um placar desse, mas isso não é um panorama geral da modalidade no Estado e no País”. Ela ainda afirma que o time tem muito incentivo da cidade, o que motiva a continuar buscando gols. “A nossa atividade é sistemática, planejada e tem uma continuidade de anos. O programa de handebol feminino na cidade tem características de formação. Então, esse resultado não acontece por acaso. Ele vem de rotinas planejadas e estruturadas, com o apoio total da administração e parecerias de patrocinadores. Mas teremos jogos muito interessantes contra Itupeva e Tietê, que são dois times mais fortes”. O próximo jogo será contra Tietê, neste domingo (5), no ginásio anexo do Bolão.

A goleira Gabriela Moreschi, de 20 anos, defende Jundiaí após uma temporada na Dinamarca. Ela jogará pela cidade por mais seis meses e depois segue para a Noruega. Gabriela e todo o time de handebol feminino têm grandes expectativas para os Jogos Regionais. “A gente quer muito ganhar o ouro. A tradição de Jundiaí é vencer os Regionais”, disse.

Os gols foram feitos por Francielle (3), Mariana (3), Amanda (9), Clara (3), Milena (6), Gabriela (8), Larissa (4), Jacilene (6), Luana (4), Jaqueline (5), Mariana (3), Janaína (7), Kátia Dilmondes (8) e Raelle (3).

Os outros resultados da 1ª Divisão deste sábado foram: Sorocaba 17 x 19 Itu: Tietê 20 x 12 Itupeva; Louveira 18 x 6 Itapeva.


Site da Prefeitura de Jundiaí

Clique aqui para ler ››

Jogos: Handebol masculino de Jundiaí bate Mairinque pela 1ª fase

A equipe de handebol masculino de Jundiaí garantiu o primeiro lugar do Grupo B dos 59º Jogos Regionais ao vencer, neste sábado (4), a equipe de Mairinque por 20 a 11 no ginásio anexo ao Bolão. A equipe da casa agora decide neste domingo (5), às 17h, a vaga na final da competição contra Salto. Sorocaba e Mairinque fazem a outra semifinal.

Os dois times entraram na quadra para decidir o título simbólico de campeão da chave. Jundiaí mostrou superioridade mesmo diante do adversário mais gabaritado da chave. Mairinque, também classificado por antecipação, é representada por alunos do curso de Educação física da Universidade de São Paulo (USP).

Jundiaí abriu vantagem logo nos primeiros minutos do jogo e, com muita determinação, conseguiu bloquear as principais jogadas ofensivas de Mairinque. O primeiro tempo terminou 12 a 6 para a equipe da casa.

Os jundiaienses mantiveram o ritmo na fase final e fecharam o jogo em 20 a 11. Para Daniel Setina, técnico de Jundiaí, a vantagem não muito elástica ocorreu por conta de seu próprio time. “Nos acomodamos no segundo tempo, sem contar que optei por fazer várias mudanças para dar chance para todos jogarem”, explica.

A partida final do grupo foi acirrada, com alguns lances violentos, com empurrões entre os atletas e vários cartões amarelos. “Era decisão. As duas equipes estavam invictas e dispostas a ficar com a primeira colocação. Agora, é guardar as energias e pensar na semifinal deste domingo (5)”, comenta Setina.

Vinícius dos Anjos voltou a ser o destaque de Jundiaí com 6 gols. Lucas Peroni e João Medeiros marcaram 3 cada. Guilherme da Silva fez 2, enquanto Jair Neto, Thiago Orlato, Aleson da Silva, Arthur Leite, Diogo de Souza e Gerson Orlato completaram o placar.

Site da Prefeitura de Jundiaí



Clique aqui para ler ››

Jogos: Judô volta ao Parque da Uva para o 2º dia no domingo

O judô de Jundiaí iniciou neste sábado (4), no Parque Comendador Antônio Carbonari (Parque da Uva), a participação nas disputas do 59º Jogos Regionais com um desempenho considerado bom, tanto no masculino como no feminino por equipes. A competição prossegue domingo (5) no mesmo local com a categoria individual.

As meninas de Jundiaí terminaram o primeiro dia de competição na quinta colocação atrás de Sorocaba. Itapeva, Itupeva e Itapetininga. Já o time masculino ocupa temporariamente o quarto lugar, atrás de Itupeva, Sorocaba e Itapeva. O técnico Masatoshi Shiroma, de Jundiaí, lembrou que a equipe passa por transição já que perdeu atletas importantes para Osasco.

O atleta Ricardo Godoy, vencedor na luta contra Mairinque, ressaltou que a união da equipe masculina é um dos fatores Jundiaí por manter o foco na chance de ainda conseguir subir ao pódio. O também atleta Seyji Shiroma, filho do treinador Masatoshi Shiroma, segue o mesmo raciocínio do companheiro e acrescenta que a experiência pode fazer parte nas disputas deste domingo.

Site da Prefeitura de Jundiaí



Clique aqui para ler ››

Natação de Jundiaí fecha o 1º dia de Regionais com 20 medalhas

A natação jundiaiense superou o frio e a chuva para garantir 20 medalhas no primeiro dia de disputas nos Jogos Regionais, sendo sete de ouro, sete de prata e seis de bronze. No masculino, Jundiaí somou quatro ouros, três pratas e quatro bronzes e, no feminino, foram três ouros, quatro pratas e dois bronzes. Na classificação geral por pontos, que define o campeão, Sorocaba lidera o masculino com 126, contra 116 de Jundiaí. Já no feminino, Sorocaba soma 141 e Jundiaí, 114.

Neste sábado (4), foram disputadas a primeira e segunda etapas. Já no domingo (5), ocorrem a terceira e quarta. De acordo com o técnico Ariovaldo Cortina, a cidade segue com boas chances no masculino, enquanto no feminino a distância de pontos já é considerada alta em relação a Sorocaba. “Ficou difícil no feminino, mas ainda estamos na briga no masculino e vamos tentar terminar em primeiro”, afirma o técnico.

O grande destaque foi Rebeca Oliveira Orue, com duas medalhas de ouro, ambas em sua especialidade, o nado peito, uma nos 50 metros e outra nos 100 metros.

Lucas Coser Bessani e Sofia Sigrist também ganharam duas medalhas, sendo um ouro e uma prata. Lucas foi ouro nos 100 metros peito e prata nos 50 peito. Já Sofia foi ouro nos 50 metros livres e prata nos 100 metros livres. Quem também ganhou duas medalhas foram Gabriel Polliti Ferreira, com ouro nos 200 metros nado borboleta e bronze nos 100 metros livres, e Murilo Bianchini, ouro nos 1.500 metros livres e bronze nos 200 metros medley. A equipe de revezamento masculino também ficou com ouro, enquanto a feminina com a prata.

As pratas foram de: Gabriela Oliveira Soares (200 nado costas), Marcel Mariano Silva (200 nado costas) e Guilherme dos Santos (1.500 nado livre), além de uma no 200 metros medley feminino.

Os bronzes vieram com Mariana Santos Magalhães (200 nado costas), Guilherme Henrique dos Santos (200 borboleta), Giovanna Guerra (50 livre) e Daniel Oliveira (50 livre).

Site da Prefeitura de Jundiaí



Clique aqui para ler ››

Regionais: Partidas de dama movimentam Uirapuru no domingo

Os jogos de dama deste sábado (4), realizados no Uirapuru, movimentaram 14 equipes participantes dos 59º Jogos Regionais. A modalidade, que exige muita concentração, reuniu competidores de diversas idades.

Na equipe de Jundiaí, estavam Andrew Lucas, de 23 anos, e Marcos Eduardo Souza, de 16 anos. Eles são alunos da Escola Estadual João Batista Curado e foram incentivados pelo professor Airton Paliti, que levou a modalidade para as salas de aula.

Os jovens não esconderam a animação, apesar dos resultados. “Para nós a participação já é muito importante. O clima dos Jogos está muito bacana. Jundiaí é uma cidade que incentiva o esporte e traz para as nossas vidas experiências importantes, como a do trabalho em equipe. Isso nos torna pessoas melhores”, destacou Andrew.

Já Marcos Eduardo falou sobre a oportunidade de mostrar o que aprendeu em uma grande competição. “A experiência é única. É algo novo que vai marcar nossas vidas”, comentou Marcos.

Além dos jogadores de Jundiaí, o caçula do campeonato, Victor Hugo Romão, de 10 anos, de Mairinque, também chamou a atenção. “Jogo desde o ano passado e fui incentivado pelos meus colegas de classe que, também jogavam. Gosto muito dessa atividade e minha expectativa é sempre positiva.”

Entre os grupos da primeira divisão, na terceira rodada, Jundiaí levou a melhor, com 12 a 0 contra Mairinque. Já Sorocaba venceu Itapeva por 11 a 0. Tietê fez 10 a 2 sobre Itapetininga. No entanto, na quarta rodada Jundiaí perdeu para Tietê por 7 a 5; e Sorocaba venceu Mairinque por 12X0.

Na segunda divisão, na terceira rodada Salto venceu Tatuí por 10 a 0; Itararé ganhou de Várzea Paulista por 10 a 2; Campo Limpo Paulista levou a melhor contra Santana do Parnaíba por 10 a 2; e Registro venceu Cerquilho por 8 a 4. Já na quarta rodada Salto e Cerquilho empataram com 6 a 6; Registro venceu de Campo Limpo por 7 a 5; Itararé ganhou de Santana do Parnaíba por 11 a 1; e Várzea Paulista levou a melhor contra Várzea Paulista por 10 a 2.

Site da Prefeitura de Jundiaí



Clique aqui para ler ››

Propaganda



Futebol   Futsal   Basquete

Vôlei

Anuncio



Handebol   Natação
  Outros esportes
Atletismo
Tênis

Propaganda



Espaço publicitário