Fabão demais!!! Gol do zagueiro garante primeira vitória do Galo na Série A-3 - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Fabão demais!!! Gol do zagueiro garante primeira vitória do Galo na Série A-3

08/02/2017

Fabão demais!!! Gol do zagueiro garante primeira vitória do Galo na Série A-3


O Paulista enfim venceu uma partida na Série A-3 do Campeonato Estadual. Nesta quarta-feira, em casa, o time jundiaiense fez 1 a 0 no Atibaia, somando os seus três primeiros pontos na competição, podendo até terminar a rodada fora da zona de rebaixamento (quatro partidas nesta quarta-feira começaram após o duelo de Jayme Cintra). Fabão foi o autor do gol da vitória. A nota ruim do jogo foi a renda líquida, que por causa do exame anti-doping, o clube teve prejuízo no jogo de R$ 8.100,02.

O Galo agora terá três jogos sem pressão da torcida rival para pontuar: enfrenta o Monte Azul, no domingo, em Bebedouro (já que o AMA não está podendo atuar na sua cidade), e depois dois jogos em casa, em sequência: São José dos Campos no dia 15, e a Matonense no dia 18.

Os primeiros 20 minutos de partida, o Atibaia preferiu dar a bola para o Paulista, que usava as faixas laterais para construir as jogadas. Mas o Galo pecava no último passe. Os visitantes esperavam o contra-golpe, mas o Tricolor sempre parava com faltas, sendo que até os 20 minutos, oito faltas foram cometidas pelo Tricolor (números de Rafael Porcari – analista de arbitragem da Rádio Difusora).

O Paulista levou perigo aos 28 minutos, com Ingro, em cabeçada que acertou o travessão. Aos 33 minutos, o Atibaia trocou o goleiro. Saiu Carlão e entrou Ariel. E ele cinco minutos depois, sofreu o primeiro gol. Em bela jogada na ponta-esquerda, o atacante Ingro cruzou e Fabão, ficou na área para aparecer como centroavante e fazer 1 a 0.

No lance seguinte, Radsley foi derrubado por Bertucci na área, o juiz Rodrigo Batista inicialmente não marcou pênalti, mas o bandeira Eduardo Vequi falou que foi e o árbitro voltou atrás e apontou a marca da cal. O próprio Radsley cobrou, mas chutou pra fora. Antes do intervalo, o autor do gol, Fabão, saiu lesionado. Segundo o zagueiro, em entrevista a Difusora, ele sentiu uma fisgada na hora do gol (Gut entrou no seu lugar).

O segundo tempo do jogo (sob a fraca iluminação do Jayme Cintra) foi do Atibaia, que nos 15 minutos teve mais a posse de bola e dominou o território da defesa do Tricolor. Para colocar folego no ataque do seu time, Umberto Louzer colocou o meia-atacante Criciúma, sendo assim o 1º jogador do Tricolor que atuou na Copinha a jogar na Série A-3. Depois Zunquinha entrou no Tricolor, no lugar de Jaílton, mas entrando como meio-campistas aberto pela direita.

O Galo começou a ter mais chances, sendo que aos 21 minutos, Fernando Lopes arriscou chute da entrada da área e a bola passou por perigo. Aos 38, boa jogada de Criciúma na direita, onde entrou na área e chutou, mas em cima de Bruno Leandro. E aos 44, Vilela quase marcou o segundo em bela cabeçada, como manda o manual: no chão, mas saiu a esquerda do gol. Nos acréscimos, o Paulista tratou de segurar o resultado e garantir o 1º êxito na Série A-3.



1
Paulista
0
Atibaia


4-2-3-1

4-2-3-1

Iago
Euzébio
Caldeira
Fabão g (Gut)
Vilella
Fernando Lopes g
Brendon
Ingro
Dudu
Radsley g (Radsley)
Jaílton g (Zunquinha)
Carlão (Ariel)
Nando
Bruno Leandro
Gabriel g
Bruno Bertucci (Franklin)
Eder Silva
Gilsinho
Robson
Robinho (Matheus Gomes)
Reginaldo
Léo Lima
Técnicos:
Umberto Louzer
Sandro Sargentim
Gols:
Fabão, aos 38min 1ºT

Árbitro: Rodrigo Batista da Silva
Auxiliares: Eduardo Vequi e Luis Nielsen
Público: 668 pagantes; Renda: R$ 8.670,00

Thiago Batista – Direto do Jayme Cintra; fotos: Thiago Batista