Gols no início dos tempos faz Galo perder e voltar a “zona vermelha” da A-3 - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Gols no início dos tempos faz Galo perder e voltar a “zona vermelha” da A-3

12/02/2017

Gols no início dos tempos faz Galo perder e voltar a “zona vermelha” da A-3

O Paulista ainda não sabe o que é pontuar fora de casa na atual edição da Série A-3 do Campeonato Estadual. Mesmo jogando em campo neutro – o local onde o Monte Azul manda as suas partidas, o Otacília Arroyo está interditado pela FPF, o Galo foi superado pelo AMA por 2 a 0, na cidade de Bebedouro (estádio Sócrates Stamato) pela 4ª rodada da primeira fase. O Tricolor “entrou dormindo” no inicio dos tempos da partida o que foi fatal para a derrota. Carlinhos, antes dos 5 minutos do confronto, e Mateus Borges, antes do primeiro minuto da etapa final o placar, marcaram os gols.

Com o resultado, o Tricolor voltou a zona vermelha da competição, o grupo do rebaixamento (conhecido como Z-6) com 3 pontos e em 15º, já que o São Carlos venceu o Comercial, fora de casa, também por 1 a 0, e pulou para 4 pontos e ultrapassou o time jundiaiense.  Agora o Paulista terá duas partidas em Jundiaí para respirar de maneira mais tranquila na “Terceirona”: encara o São José dos Campos, na quarta-feira, às 19h30; e a Matonense, no próximo sábado, às 16h. O Monte Azul com o êxito, entrou na zona de classificação aos playoffs (o G-8), ocupa o 7º lugar com 7 pontos. O AMA volta a campo na quarta-feira quando encara o Comercial, em Ribeirão Preto, às 20h.

A partida - O Monte Azul no seu primeiro ataque, foi fatal. Aos 4 minutos, Carlinhos arriscou chute da entrada da área, que venceu o goleiro Iago: 1 a 0 para o AMA. Após o gol sofrido, o Paulista começou a estar mais no campo adversário, mas pouco ameaçava o goleiro Wander. Somente aos 22 minutos, o Tricolor levou perigo: primeiro em chute de Euzébio, que o goleiro do Monte fez a defesa, e no rebote Jaílton tentou marcar de cabeça, mas Wander, novamente atento, evitou o gol. Na segunda metade do primeiro tempo, o jogo não teve lances de emoção.

E o cenário dos primeiros minutos da etapa inicial ocorreu no segundo tempo. Logo aos 50 segundos, Mateus Borges roubou a bola de Fernando Lopes, e acertou um chute forte para marcar 2 a 0 a favor do Monte Azul. Foi o terceiro gol de Mateus Borges na Série A-3, sendo que ele começou a partida como opção no banco de reservas, entrando aos 35 minutos do primeiro tempo (devido a contusão de Mateus Oliveira).

O treinador Umberto Louzer tentou melhorar o desempenho do seu time, colocando um volante com saída de jogo – Paulinho no lugar de Fernando Lopes - que tem mais pegada; e o jovem Criciúma no lugar de Ingro, e o atacante Vecchio na vaga de Radsley. Mas o Monte Azul com um sistema defensivo bem postado, não sofreu pressão e conseguiu segurar o resultado, o que fez o Paulista conhecer a sua terceira derrota na atual edição da Série A-3.


2
Monte Azul
0
Paulista

4-2-1-3
4-2-3-1

Wander ¢
Carlinhos ¢
Cezane
Trevizan
Leandro (Michel)
Gilmar ¢ (Sávio)
Pepe
Juca
Danilo Mederos
Elton
Mateus Oliveira (Mateus Borges)
Iago
Euzébio
Caldeira
Gut
Vilella ¢
Fernando Lopes (Paulinho)
Brendon
Ingro (Criciúma)
Dudu
Radsley (Vecchio)
Jaílton
Técnicos:
Rafael Guanaes
Umberto Louzer
Gols:
Carlinhos, aos 4min 1ºT

Mateus Borges, aos 50seg 2ºT

Árbitro: Jefferson Dutra
Auxiliares: Eduardo Augusto e Alexandre Medice
390 pagantes – Renda de R$ 6.008,00

Thiago Batista – Esporte Jundiaí