Guilherme Barros comenta a situação crítica do Paulista na Série A-3 do Estadual - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Guilherme Barros comenta a situação crítica do Paulista na Série A-3 do Estadual

16/02/2017

Guilherme Barros comenta a situação crítica do Paulista na Série A-3 do Estadual

"Não importa o que seja feito. O navio vai afundar".

O Capitão Smith disse a célebre frase em 1912.  Acredite amigo: quando afundou o Titanic o Paulista já tinha três anos. Poucos dirigentes devem se lembrar disso. Mas a frase corrobora muito com o cotidiano em Jayme Cintra.

O Paulista bateu de frente com o iceberg da lamentável arrogância de uma dezena de dirigentes. Foi vítima da gerência de inúmeros animais que tinham o rei na barriga.

E infelizmente não há bote para todos. O navio vai afundar. O Paulista afunda, vai cair e virar peça de museu, enferrujado no fundo do escuro mar de interesses pessoais.

Agora, sem personificações, Umberto segura um penico. Uma bandeja de defecadas que começa na diretoria e termina dentro de campo. O maior problema é depender desses agentes interesseiros. Ano passado foi a mesma novela.

Por que imaginar que será diferente?


Por Guilherme Barros


Jornalista e produtor da Rádio Difusora 810 AM