Paulista e Matonense: Um jogo de muita tensão e mudanças nos dois clubes - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Paulista e Matonense: Um jogo de muita tensão e mudanças nos dois clubes

17/02/2017

Paulista e Matonense: Um jogo de muita tensão e mudanças nos dois clubes

Zunquinha pela 1ª vez será titular do Galo na Série A-3.
O Paulista encara neste sábado a Matonense, às 16h, no estádio Jayme Cintra, com o objetivo de sair da crise que está instalado nesta Série A-3 do Campeonato Estadual.  O clube em cinco rodadas somou apenas três pontos, está na 18ª colocação. Atletas, comissão técnica e diretoria do Galo já começam a sentir a pressão pelos resultados (ruins) dentro do campo. Soma-se ao futebol abaixo da média nos jogos, o que gera uma insatisfação da torcida. O rival também não vive uma boa fase dentro das 4 linhas. Com 6 pontos, em 14º e próximo a zona de rebaixamento, o clube de Matão será comandado pelo terceiro clube na competição. Um jogo onde a tensão deve dominar, onde quem errar menos, certamente sairá com a vitória e com o alívio de ter uma semana com um respiro um pouco melhor.

O desempenho ofensivo dos dois times mostra bem a fase que estão. Ambos têm média abaixo de um gol por partida, após 5 rodadas disputadas. O Paulista anotou apenas dois gols na competição, e ainda não balançou as redes das equipes rivais na etapa final. A Matonense anotou somente quatro gols em cinco partidas, sendo que apenas um destes tentos foi marcado no 1º tempo (os outros três foram anotados nos 20 minutos finais dos jogos).

Será o segundo jogo consecutivo nesta semana que o Galo fará em casa. Na quarta-feira, o time jundiaiense foi derrotado pelo São José dos Campos, por 1 a 0. Do jogo anterior para o confronto do final de semana, Umberto Louzer teve apenas três dias de trabalho. Mas para ele é bom uma partida em curto espaço de tempo, após uma derrota como mandante e com a equipe dentro da zona de rebaixamento. “Bom, precisamos jogar, precisamos vencer, a gente sabe a responsabilidade de vestir essa camisa. A cada rodada que você adia a pressão vem aumentar. O atleta quando escolhe está profissão tem que saber lidar com estas adversidades e procurar o seu equilíbrio para sair desta situação”, comentou.

O treinador do Tricolor fará 5 mudanças no time titular do Galo. Ou seja, metade da equipe de linha será modificada. Saem o lateral Euzébio, o zagueiro Gut, o volante Brendon, os meias-atacantes Criciúma e Radsley, para as entradas do ala Zunquinha, do defensor Fabão, do meio-campista Rafael Branco, do meia-atacante William Dias e do polivalente Douglas (joga de lateral ou meio-campo), respectivamente. Permanecem apenas o zagueiro Caldeira, o lateral Vilella, o volante Paulinho, o meio-campista Dudu e o atacante Ingro; além do goleiro Iago.

Na Matonense, o time começou com João Martins, que ficou duas rodadas. Na sequência chegou Lelo, que ficou apenas três jogos e deixou o comando técnico da equipe, após divergências com um dirigente da agremiação. Neste sábado, a equipe de Matão será dirigida por Pinho. Ele chegou na última quinta-feira e é um velho conhecido da torcida local, já que foi o treinador do time no ano passado, quando chegou a passar para a segunda fase, mas não conseguiu o acesso.

No elenco da Matonense, tem um ex-atleta do Paulista: o meia-atacante Everton Tiziu, que se destacou nas categorias sub-15 e 17 do Paulista. O jogador que passou ainda pelo sub-20 do Corinthians e do time B do Sporting de Portugal, desde a temporada passada joga por clubes pequenos do país. Em 2016, ele defendeu o Ivinhema-MS. Ele deverá ser titular no comando de ataque, ao lado de Ray.

Para o jogo contra o Galo, o treinador Pinho terá um desfalque: o lateral Alisson, recebeu três amarelos seguidos nas três últimas partidas do clube, e terá que cumprir suspensão. O zagueiro Alcides, ex-Santos, Vitória, Benfica-POR e PSV deverá atuar no setor.  O jogador, campeão mundial sub-20 pela seleção brasileira em 2003, estava ficando apenas como opção no banco de reservas.

Pendurados – O Tricolor entra em campo com jogadores pendurados com dois cartões amarelos: o zagueiro Fabão, o volante Fernando Lopes, o meia-atacante Radsley e o atacante Jaílton, se receberam uma advertência neste final de semana, não atuam contra o Rio Branco, fora de casa, no sábado de Carnaval. Na equipe de Matão estão pendurados o zagueiro Toninho e o atacante Everton Echaporã.

Último confronto – Paulista e Matonense se enfrentaram pela última vez na Série A-2 do Paulistão em 2005. Na oportunidade, em 8 de março – Dia da Mulher na época, o Galo venceu por 1 a 0, em Matão. Felipe Santos fez o gol da vitória, logo aos 2 minutos de jogo. Do atual elenco do Tricolor participou daquela partida o zagueiro Gut.


Paulista
Matonense

4-2-2-2
4-2-2-2

Iago
Zunquinha
Fabão
Caldeira
Vilella
Paulinho
Rafael Branco
Dudu
Douglas
Willian Dias
Ingro
Marcelo Henrique
Alcides
Toninho
Jean Perre
Denner
Ademir
João Lucas
Iguinho
Geovane
Everton Tiziu
Ray
Técnicos:
Umberto Louzer
Pinho

Árbitro: Danilo da Silva
Auxiliares: Danilo Nogueira da Silva e Weverton Soares de Souza

Thiago Batista – Esporte Jundiaí; foto: Thiago Batista