Rivelino Teixeira: Curiosidades do mundo da bola – Futsal no futebol - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Rivelino Teixeira: Curiosidades do mundo da bola – Futsal no futebol

14/02/2017

Rivelino Teixeira: Curiosidades do mundo da bola – Futsal no futebol

O maior jogador da bola pesada do mundo, o brasileiro Falcão tentou algumas vezes ter o mesmo sucesso nas quadras para os campos, e nunca emplacou.

Outro que tentou foi Manoel Tobias, tentou emplacar no Grêmio que era dirigido por Felipão. Todos que estão no futsal ou no futebol sabem das dificuldades e principalmente para quem está no campo e mudar para o salão.

É fato que muitos craques do campo que vieram do salão souberam usar o poder da posse de bola e a habilidade como pontos diferenciados quando estão en ação, exemplos como Roberto Rivellino, Ronaldinho Gaúcho, Robinho, Neymar, e tantos outros.

Embora sejam dois esportes parecidos e com o mesmo objetivo: o gol, o futebol e o futsal tem as suas diferenças, a começar pelas medidas, com uma quadra medindo 40mx20m e um campo de futebol que em média tem 105x68. Aí vem a bola, as traves, o calçado e a duração da partida. A mesma questão vale para os treinadores?

A Ferroviária de Araraquara confirmou o nome do seu novo comandante, Paulo César Oliveira, o PC, que voltou recentemente ao comando da seleção brasileira de futsal. Uma pergunta, o treinador vai implantar os seus métodos de sua brilhante carreira na bola pesada para o campo? E o inverso, a seleção de futsal poderá receber alguma influência do campo?

Competência não falta à PC, mas só o tempo dirá se a mesma dificuldade para quem joga se aplica para quem comanda. Outro caso parecido é o técnico da Portuguesa. Tuca Guimarães que começou no futsal, e até dirigiu um clube grande, o São Paulo.


Por Rivelino Teixeira

Comentarista dos canais Sportv