Thiago Batista: Paulista não pode ser igual a minha música favorita .... - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Thiago Batista: Paulista não pode ser igual a minha música favorita ....

21/02/2017

Thiago Batista: Paulista não pode ser igual a minha música favorita ....

A cada dia parece que as notícias que vem do Jayme Cintra deixam qualquer torcedor chateado e muito preocupado com o futuro do clube. O time acorda nesta terça-feira na zona de rebaixamento para a 4ª divisão do Campeonato Estadual, com grande risco de ficar um ano sem poder atuar no futebol profissional – seria proibido de disputar a Copa Paulista desta temporada, torcida e diretoria não conversando a mesma língua – e com protestos dos torcedores no estádio no último sábado (e que podem fazer – direito deles) e para completar a saída do profissional que todos admirável no Paulista – fosse torcedores, diretores e até mesmo profissionais da imprensa – Umberto Louzer (agora será auxiliar-técnico no Guarani).

Quando uma pessoa que estava digamos no último final de semana em Jupiter, Saturno, ou somente curtindo o Chupa que é de Uva, ou estava em altas baladas no Le Chef a Pé ou no Villa Bar, se ligou ao mundo esportivo da nossa cidade e lê o noticiário certamente pensa: “O Paulista está chegando ao seu fim.... Quando irá fechar as portas...”. Quem nunca ouviu isso de alguém nas principais alamedas ou vias de Jundiaí? Sinceramente eu não gostaria que isso ocorresse, mas a impressão que passa que a música “The Final Coundown” está começando a ser tocada em Jayme Cintra....

Curiosamente esta canção do grupo Europe, é a minha favorita, pela sua batida de som, e também pelo excelente vocal de Joey Tempest e a sempre precisa guitarra de John Norum. Aliás o Europe é também a minha banda favorita. Mas de coração desejo que está canção não seja cantada no Jayme Cintra para passar uma corrente por lá. Deveria ser cantada em maio em um momento de comemoração, de saída do purgatório, que e é a A-3.

No momento, o que mais se perguntamos como torcedor do Paulista é “Will things ever be the same again?” – “As coisas jamais serão as mesmas novamente”. Porque todos gostariam que o clube voltasse a ser forte em cenário estadual e nacional. Não precisa estar numa Série B do Brasileirão e disputando cabeça a cabeça com os grandes de São Paulo uma vaga no G-4 do Paulistão. Uma Série C de Brasileirão e participando de uma Série A-1 com regularidade, já estará de bom tamanho para o apaixonado torcedor do Galo.

O sonho nesta temporada – ainda possível, é em maio o principal refrão da música: “It's the final countdown. The final countdown” – “É a contagem regressiva final. A contagem regressiva final”, o que seria sair do inferno da Série A-3 e quem sabe retornar ainda em 2018 a Série A-2. Era expectativa de jogos em janeiro.

Mas a realidade é outra, e dura. Se nada for mudar, o trecho a cantar por quase um ano será “I'm sure that we'll all miss her so” – “Tenho certeza que nós todos sentiremos muito a falta dela”, neste caso da bola rolando no futebol profissional, pois uma queda a 4ª divisão estadual, faria o Galo ter uma partida oficial apenas na primeira semana de abril de 2018. 

Só que o medo de todo torcedor do Galo é que neste ano a gente possa cantar chorando o antepenúltimo verso da música: “Iremos sentir muito sua falta”, que seria o encerramento das atividades ou o fechamento do Paulista. Algo que ninguém deseja.

Por isso todas as forças precisam ser unidas. Que a diretoria acerte no perfil do novo treinador do Paulista, que a cobrança realizada nos atletas nesta segunda-feira tenha efeito e que novos ventos comecem a soprar pelos lados de Jayme Cintra... E quem sabe no dia 28 de maio, no Citibank Hall, eu possa cantar no show do Europe em São Paulo: “The final countdown” com a alegria que o Paulista não estará no inferno da 4ª divisão estadual e que em 2018 vai escapar da 3ª divisão do Paulistão.

PS: Para aproveitar, curtam um pouco do ótimo rock do Europe com a música “The Final Countdown”, em um show em novembro do ano passado, na Holanda



Por Thiago Batista

Jornalista e idealizador do Site Esporte Jundiaí