Vagner Mancini celebra maturidade da Chapecoense em clima adverso - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Vagner Mancini celebra maturidade da Chapecoense em clima adverso

02/02/2017

Vagner Mancini celebra maturidade da Chapecoense em clima adverso

Vagner Mancini (ex-Paulista) gostou da postura da Chapecoense na vitória por 1 a 0 sobre o Tubarão na noite desta quarta-feira, no estádio Domingos Gonzalez, pela segunda rodada do Campeonato Catarinense. Depois de três partidas, a equipe profissional entrou em campo pela primeira vez longe da Arena Condá e não encontrou um clima favorável.

“Só tínhamos feito jogos em Chapecó até então, onde, teoricamente, temos que tomar a iniciativa. Em Tubarão, tivemos um bom início de jogo, marcamos o gol, e no segundo tempo já esperávamos que eles fossem para forçar um pouco mais. Apesar disso, foi um jogo previsível de bolas longas. Nosso time deu uma boa amadurecida. Sabíamos que o ambiente seria desfavorável e fizemos um bom jogo. Passamos no teste, estou satisfeito. Nosso time deu uma boa amadurecida. Sabíamos que o ambiente seria desfavorável e fizemos um bom jogo. Passamos no teste, estou satisfeito”, contou.

Mancini tratou com naturalidade as manifestações da torcida de Tubarão, que chegou a vaiar a Chape em determinados momentos e pegou no pé de Wellington Paulista. Para o treinador, a rivalidade dentro de campo é natural desde que não se perca o respeito. “A rivalidade sadia vai existir. Claro que todo mundo que veio ao estádio queria que o Tubarão vencesse, mas com respeito. A manifestação do torcedor sempre vai existir. É o que desejamos no futebol”. Com seis pontos em dois jogos, a Chape lidera o Campeonato Catarinense e recebe o Almirante Barroso na Arena Condá, no próximo sábado, às 19h30.   

Thiago Batista – Esporte Jundiaí; foto: Flickr da Chapecoense