Casquinha sabor Gut! Zagueiro marca gol da vitória do Paulista no Jayme Cintra - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Casquinha sabor Gut! Zagueiro marca gol da vitória do Paulista no Jayme Cintra

18/03/2017

Casquinha sabor Gut! Zagueiro marca gol da vitória do Paulista no Jayme Cintra


Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí - Direto do Jayme Cintra
Fotos: Thiago Batista

O Paulista precisava da vitória se quisesse sonhar em sair da zona de rebaixamento e poder saborear no ano que vem a Série A-3 do Campeonato Estadual. Neste sábado, para ganhar o jogo, o Tricolor precisava contar com uma casquinha. Com sabor de “Gut”. E foi o que ocorreu.

Com um gol do camisa 4 do Tricolor, o Paulista venceu o Independente de Limeira por 1 a 0, na tarde deste sábado, no estádio Jayme Cintra, pela 12ª rodada da Série A-3. Com o resultado, o Paulista tem 13 pontos, e neste momento está 3 pontos de sair da zona de rebaixamento (São José dos Campos, 1º fora da zona tem 16). Mas a 12ª rodada tem ainda sete jogos a serem disputados entre a noite deste sábado e a tarde de domingo.


No jogo, o treinador Sérgio Caetano promoveu a estreia do goleiro Stivi, no lugar de Iago, que falhou nos dois últimos jogos. O então titular nem ficou no banco, já que alegou uma contratura muscular, e com isso João Paulo ficou como opção na reserva. No Independente, duas mudanças, a volta do lateral Marcelo no lugar de Álvaro, e a entrada do atacante Jefferson (ex-cria das categorias de base do Galo) no lugar de Weldon, lesionado.

A partida começou com o Paulista tendo mais a posse de bola, mas não ameaçando muito o gol da equipe de Limeira. Em certos momentos, o Galo parecia estar com “sono” em campo, sem muita vontade de atacar a equipe vice lanterna da competição.


A primeira boa oportunidade ocorreu aos 15 minutos. Após cruzamento de Willian Dias na direita, o lateral Douglas apareceu com surpresa na pequena área, mas pegou muito embaixo da bola e ela subiu por cima do travessão.

O Independente chegou com muito perigo aos 23 minutos. O jundiaiense Jefferson recebeu a bola nas costas de Fabão e ficou de frente para Stivi. O atacante chutou cruzado e a bola passou rente ao gol, o que fez o nome camisa 1 do Galo dar uma bronca em todo o sistema defensivo.

O jogo somente teve boa oportunidade de gol a 5 minutos do intervalo, em uma chegada forte do Paulista, com duas finalizações no mesmo lance: Brendon inicialmente de dentro da grande área, e depois no rebote com Douglas e em ambas o goleiro Fernando fez a defesa.


No segundo tempo, Sérgio Caetano promoveu a entrada de Adelino, que jogou a sua primeira partida na competição. O jogo continuou com o Paulista tendo mais a posse de bola. As oportunidades de gol começaram a aparecer. Aos 5 minutos, Ingro recebeu na grande área, mas chutou em cima do goleiro rival. 15 minutos depois, Radsley arriscou chute de fora da área e bola foi por cima do gol.

Mas se não dava com bola rolando, que tal na bola parada: aos 23 minutos, Willian Dias cobrou falta da meia esquerda e Gut, dentro da pequena área, desviou de “casquinha” que matou o goleiro Fernando: 1 a 0, Paulista.



Após o tento, o Galo poderia ter ampliado o marcador por três vezes, em chances de Adelino, que o goleiro fez a defesa; em cabeçada de Jaílton, que passou a direita do gol de Fernando, e em chute de Radsley, que mandou em cima do goleiro rival.

No fim, o Paulista tratou de segurar o resultado e voltar a vencer na A-3 após duas partidas. O Galo volta a campo a princípio na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Catanduvense, no estádio Silvio Salles, que até a tarde deste sábado continua interditado para receber público pela Federação Paulista. Caso o clube de Catanduva não consiga o laudo liberatório da Polícia Militar até terça-feira, o Paulista vencerá a partida por w.o. (3 a 0).

1
PAULISTA
0
INDEPENDENTE
4-3-2-1
4-2-3-1
Stivi
Euzébio
Fabão
Gut
Douglas
Dick
▶ Jaílton
 Brendon
Rafael Branco
Pitty
▶ Adelino
Willian Dias
Ingro
▶ Radsley
Fernando
Murilo
Felipe Piá
◀ Denner Gaúcho
▶ Bruno
◀ Marcelo
▶ Maicon
Fabiano
Dieguinho
Daniel
◀ Denis Nunes
▶ Diogo
 Dodô
Jefferson
Técnico
Sérgio Caetano
Piá
Gols
Gut, aos 23 min do 2ºT

Árbitro: Daniel Carfora Sottille
Auxiliares: Gilberto Aparecido Romanchelli e José Lucas Cândido de Souza
Público: 435 pagantes; Renda: R$ 5.810,00