Ex-treinador da base do Paulista retorna ao Guarani para centro de análise - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Ex-treinador da base do Paulista retorna ao Guarani para centro de análise

23/03/2017

Ex-treinador da base do Paulista retorna ao Guarani para centro de análise


Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí
Foto: Site oficial do Guarani FC

Na semana passada, o Guarani apresentou seu novo centro de análise de desempenho: o CIDFUT. O centro vem operando desde o início do Campeonato Paulista da Série A-2 e contará com a presença de um ex-treinador da base do Paulista como um dos seus profissionais: Renato Morungaba, o Renato Pé Murcho. Ele trabalhou no Galo entre 2010 e 2013, entre as categorias sub-15 e 20.

O CIDFUT do Guarani irá fornecer dados aos atletas, comissão técnica e departamento de futebol sobre assuntos que variam desde as ações tomadas dentro nas partidas até possíveis contratações à serem realizadas.

O Centro de Inteligência em Desempenho no Futebol foi idealizado por Luiz Carlos Cavalheiro, que inicialmente havia chegado ao clube para ser analista de desempenho. O ex-meio-campo desempenhará a função de observador técnico ao lado do fisiologista Juninho Brilhante e do auxiliar de análise Gabriel Remédio.

Em entrevista coletiva de apresentação, Luiz Carlos começou falando sobre sua chegada ao clube: “Cheguei ao Guarani no final da Série C de 2015, com o treinador Pintado e retornei agora no início da Série A2 para fazer também essa parte de análise de desempenho. Vendo a necessidade e a capacidade que tínhamos em relação à estrutura a gente pôde montar um departamento voltado para esse tipo de atividade”, afirmou.

Renato comentou a sua volta ao Bugre: “Eu acho que falar de Guarani é sempre bom. Foi uma coisa que marcou a minha vida e essa nova etapa é um momento de aprendizado para mim. Pela experiência que eu tive no futebol, eu acho que também vou poder ajudar”, disse.

“Diferente de quando eu era jogador, eu vou ter que ter entrosamento com eles fora das quatro linhas. Eu não sou de ficar mexendo em computador mas acho que dentro de campo, como observador técnico posso ajudar muito. Observando os treinos e alguns jogos acho que poderemos auxiliar o treinador para tomar as melhores decisões possíveis”, disse Renato em relação a nova função.