Guilherme Barros sobre o leilão do Jayme Cintra - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Guilherme Barros sobre o leilão do Jayme Cintra

28/03/2017

Guilherme Barros sobre o leilão do Jayme Cintra

Por Guilherme Barros
Jornalista

Demorou, mas aconteceu. O estádio do Paulista foi para o corredor da morte. Antes era especulação. Hoje é realidade. A cidade foi pega de surpresa. Hoje não basta mais o clube se preocupar com a situação no campeonato. A luta é também para entrarmos no nosso campo.

Eu me lembro muito claramente das vezes em que antigos presidentes declararam publicamente esta possibilidade. E se achávamos que o grande problema era o time, o buraco, cavado com dezenas de dívidas trabalhistas, estava mais embaixo.

Agora corre-se contra o tempo para fazer com que Jayme Cintra mantenha-se sob os domínios do Galo.
Se antes estávamos preocupados com o clube fechar as portas, agora a provável que elas sejam demolidas.