Mais de 700 dias depois, Galo forma a trinca! Paulista vence a 3ª seguida na A-3 - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Mais de 700 dias depois, Galo forma a trinca! Paulista vence a 3ª seguida na A-3

25/03/2017

Mais de 700 dias depois, Galo forma a trinca! Paulista vence a 3ª seguida na A-3


Por Thiago Batista – Direto do Jayme Cintra
Fotos: Thiago Batista
Vídeo: TV FPF
Após 707 dias, o Paulista voltou a ter uma sequência de três vitórias consecutivas. Neste sábado, o Tricolor venceu a Portuguesa Santista por 2 a 1 no Jayme Cintra, e ganhou a sua terceira partida consecutiva na Série A-3. O Galo não vencia três partidas em sequência no futebol profissional desde 18 de abril de 2015, na Série A-2, quando na época bateu o Rio Branco, em Americana por 3 a 2 (a sequência na verdade era de quatro jogos, que tinha ainda os seguintes êxitos: Batatais – 3 a 2, Monte Azul – 2 a 1 e Catanduvense – 3 a 1). Neste momento, o Paulista sai da zona de rebaixamento. Ocupa o 12º lugar com 19 pontos. Para terminar o final de semana fora do Z-6 terá que torcer por derrota de um destes times: Comercial, Taboão da Serra e Marília. 


O jogo começou equilibrado, com muita disputa da bola no meio de campo dos dois times. A Santista até usava muito a faixa direita para criar as jogadas com a dupla Adiel e Fernando. O Galo insistia muito pelo meio para armar as jogadas, e os volantes Diego Gomes e Carlos Alberto destruíam as jogadas ainda na intermediária. Em alguns momentos, o Tricolor errava passes, principalmente com seus meio-campistas. E a partida não era faltosa, já que apenas seis faltas foram registradas até a metade do primeiro tempo.


Mas quando o time começou a usar as laterais para construir seu jogo, começou a levar perigo. A primeira vez foi aos 15 minutos, quando os seus volantes apareceram de surpresa no ataque. Rafael Branco serviu Brendon na esquerda. Ele tentou o cruzamento, mas a bola desviou em Iran, e pegou o caminho do gol. Thyago iria ser encoberto, mas atento fez a defesa e mandou a bola para escanteio.

O Paulista novamente levou perigo aos 26 minutos em finalização da entrada da área de Willian Dias. Ele tentou chute colocado, mas a bola foi fraca e Thyago (com Y mesmo) tranquilo conseguiu pegar a bola. Três minutos depois, Willian Dias tentou surpreender o goleiro da Santista, ao arriscar chute do meio de campo, mas o goleiro da Lusa atento conseguiu fazer a defesa.



Aos 30 minutos teve a parada técnica, com o Paulista tendo um escanteio a seu favor. No retorno do jogo, aos 32, Willian Dias mandou a bola na primeira trave. Euzebio livre de cabeça, mandou a bola no canto oposto do goleiro Thyago, para anotar o seu primeiro na Série A-3. Galo 1 a 0.


Antes do intervalo, o Paulista chegou mais uma vez, em chute de Willian Dias, que foi a esquerda do gol.



No segundo tempo, o Galo voltou com “sono”, e foi castigado. Fernando, fez grande jogada na direita, passou por dois marcadores na direita, e na entrada da área, chutou forte e cruzado, sem chance de defesa para Stivi. 1 a 1.


E a Portuguesa Santista começou a tomar gosto do jogo e começou a criar as melhores chances. Aos 18 minutos, uma falta na entrada da área, gelou o torcedor do Paulista. O goleiro Thyago bateu falta na meia-direita com muito capricho. Stivi somente restou torcer para bola não entrar, e estourou no travessão. Depois o jogo caiu muito de produção, sem grandes oportunidades, mas aos 42 minutos, Vechio, que entrou durante o segundo tempo, recebeu de costas para o gol, fez o giro e acertou um belo chute, para garantir a vitória ao Tricolor. 





Antes do apito final, o treinador Sérgio Caetano e o seu auxiliar Ivan Canela, ambos do Galo foram expulsos por reclamação. Uma confusão entre os bancos dos dois times se estabeleceu até a turma do deixa disso acalmar os ânimos. O Tricolor terminou sendo dirigido pelo preparador de goleiros Carlão. O próximo do jogo do Paulista será na quarta-feira, no Bento de Abreu de Sampaio, contra o Marília, ás 20h. Depois o Tricolor recebe  o Olímpia, no sábado, às 10h (horário alterado pela FPF na última sexta-feira).


2
PAULISTA
1
LUSA SANTISTA
4-3-1-2
4-2-2-2
Stivi
Euzebio
Gut
Fabão
Douglas
Dick
->  Adelino
Brendon
Rafael Branco
Radsley
-> Vechio
Willian Dias
Ingro
-> Jaílton
Thyago
Iran
-> Tikinho
Carlão
Sallinas
Vinicius Machado
Diego Gomes
Carlos Alberto
▉ Adiel
-> Kauê
Lucas Lino
Fernando
Gueguel
-> Fabiano
Técnico
Sérgio Caetano
Marcelo Fernandes
Gols
Euzebio, aos 32min do 1ºT

Vechio, aos 42min do 2ºT

Fernando, aos 2min do 2ºT
Árbitro: Flávio Roberto Mineiro Ribeiro
Auxiliares: Alexandre de Oliveira e Gilmar Gomes da Silva
Público: 625 pagantes; Renda: R$ 8.880,00