Thiago Batista: Que tal uma chance a um estagiário ou a um pedreiro Boa Esporte? - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Thiago Batista: Que tal uma chance a um estagiário ou a um pedreiro Boa Esporte?

14/03/2017

Thiago Batista: Que tal uma chance a um estagiário ou a um pedreiro Boa Esporte?


Por Thiago Batista
Jornalista responsável pelo Site Esporte Jundiaí


O goleiro Bruno Souza (vamos dar nome e sobrenome) no primeiro dia de Carnaval ganhou um belo de um presente: a liberdade (temporária é verdade – fruto de uma liminar) após ficar 7 anos preso, em virtude do crime que cometeu (segundo a própria Justiça) ele é culpado. Ele foi solto no dia 24 de fevereiro e nesta terça-feira, 14 de abril, será apresentado como novo reforço do clube, que disputará este ano a Série B do Campeonato Brasileiro, a famosa Segunda Divisão onde estará o Internacional de Porto Alegre. Em menos de um mês, conseguiu a liberdade, um emprego e dos bons – pois alguém acredita que o salário dele no clube de Varginha será uma merrequinha (a não ser que você acredita em duende)?

O mais inacreditável é que Bruno ficou 7 anos parado (sim, parado!) e sem precisa fazer um mísero teste para saber a sua condição técnica e física irá assinar contrato com o time. A pergunta que fica: se fosse um estagiário de educação física que sonhasse em ser goleiro do Boa Esporte teria alguma chance? Se fosse um pedreiro que de repente gostaria de vestir para ser o camisa 1 do clube, teria a oportunidade de fazer pelo menos um teste? Um bancário que tem a vontade de defender o gol do time de Varginha teria chance? Em todos estes casos é claro que não. Não. E não.

Está mais na cara que todo mundo está desejando holofotes, seja o goleiro Bruno Souza, seja o Boa Esporte. Se o time mineiro trouxesse o goleiro Fabian de Souza, do Batistense FC, teria alguma repercussão? Nem na cidade.... Agora trazer o goleiro Bruno Souza, condenado na Justiça por tudo que fez, leva a discussão não apenas para a região do clube, mas para o mundo inteiro... São manchetes de capa, de capa em sites do Brasil e até do exterior, até porque o crime cometido por Bruno Souza foi chocante.

Alguns falam e escrevem (como nosso colunista Guilherme Barros), que Bruno Souza merece uma segunda chance.... Até pode ter, mas não pode ser logo de cara! Ele merecia ganhar vários nãos da sociedade, antes de ganhar um sim. Mas antes mesmo de ele procurar um emprego, ofereceram.... Uma pessoa que comete um crime como o dele merece não apenas sofrer dentro da cadeia, mas merece sofrer no convívio do dia-a-dia, e sentir na pele através do povão a opinião sobre o ato que ele cometeu.

Infelizmente no Brasil, quem comete coisa errada tem grande holofote (vira e mexe temos inúmeros programas de televisão que somente mostram as barbaridades do nosso dia-a-dia).... Só que as vezes a aposta pode ter efeito reverso. O Boa Esporte esperava que todos apoiassem o clube na iniciativa de trazer o goleiro Bruno Souza. Pois bem, até a noite de segunda-feira, o clube mineiro perdeu três patrocinadores, além da empresa que fornecia material esportivo. E pelo jeito que anda em Varginha, até os extraterrestres querem ficar de BOA, longe do clube....