Propaganda 1 - Cabeçalho - 340x92

Antes de desligar os aparelhos, Paulista vence na despedida da Série A-3


Por Thiago Batista – Direto do Jayme Cintra
Fotos: Thiago Batista


O pior enterro possível foi realizado no Jayme Cintra. O Paulista na sua despedida na Série A-3 do Campeonato Estadual e do futebol profissional na temporada 2017, viveu um clima de jogo de futebol amador. Mas não da elite do Amador, mas sim de divisões inferiores do futebol não profissional. A partida deste domingo, contra o Taboão da Serra, pela última rodada da primeira fase foi em clima de várzea total. Era possível se ouvir de tudo no gramado e a partida começou atrasada por detalhes que são obrigatórios em um jogo profissional mas não no futebol amador, como a ambulância. E o Paulista venceu: 2 a 1.



Com o resultado, o Paulista encerra a sua participação na competição em 17º lugar, com 23 pontos, sendo o quarto pior time na classificação, confirmando ainda mais o seu rebaixamento. O Taboão da Serra, diferentemente briga pelo acesso. Estará nas quartas de final, e enfrentará o Monte Azul, em melhor de duas partidas.


Quem chegou ao Jayme Cintra antes da bola rolar, já percebeu que o clima na região do estádio estava pesado. As arquibancadas do Jayme Cintra amanheceram pichadas com palavras de protesto para a diretoria do clube. No lado de fora, torcedores faziam protesto com fogos de artifício e palavras de protesto. Nenhum dirigente do Paulista esteve presente nas arquibancadas  e cabines estádio para assistir o jogo (muito menos o presidente Pepe Verdugo e o gerente de futebol Antônio Carlos Nogueira Junior, o Juninho).



Diferente fez Sérgio Caetano. O treinador do Galo, mesmo suspenso (por um jogo), honrou o seu cargo e esteve presente no estádio Jayme Cintra assistindo a partida em uma das cabines de imprensa, como é o correto da sua função (como registramos na foto que abre esta matéria). Assumiu o cargo no início de março e ficou até o último segundo que o time esteve disputando na Série A-3 mesmo que não tinha mais chances de salvação.


Os times entraram em campo às 9h50, os atletas ficaram perfilados, foi tocado o hino nacional e estavam prontas para começar. Mas quando eram 10h da manhã, os 25 torcedores que estavam presentes naquele momento percerberam que o jogo iria começar atrasado. Pois a ambulância, item obrigatório para se realizar uma partida de futebol profissional não estava presente no estádio. O veículo chegou ao estádio às 10h10 e o jogo começou 12 minutos além do horário programado.



Dentro de campo parecia um jogo do Campeonato Amador da 2ª divisão (Série B). Era possível se escutar tudo que os jogadores falavam no gramado. Também podia ouvir o que os torcedores na arquibancada falavam, mesmo estando nas numeradas. Um dos atletas mais vaiados pelos poucos torcedores do Galo era o zagueiro e capitão Fabão, em virtude de atritos com a torcida.




Com a bola rolando, o Taboão tinha a posse de bola e rondava o gol do Tricolor, mas pouco chutava o gol de Stivi. O Paulista durante toda a partida somente trocou passes, com um objetivo: o tempo passar rápido e a Série A-3 para eles acabaram o mais depressa possível. Mesmo com pouco esforço, o Paulista fez um gol, em um erro da defesa do Taboão da Serra, Adelino aproveitou a sobra e fez 1 a 0, aos 32 minutos de jogo. O Taboão empatou aos 26 minutos da etapa final, com William Samurai, em cobrança de falta. E a 5 minutos do final, Rodolfo fez o gol do último êxito do Galo no futebol profissional em 2017.  Mas para o torcedor do Galo, este rebaixamento vai demorar para passar, pois futebol profissional no clube ninguém sabe, nem Deus, se bobear….

2
PAULISTA
1
TAB. DA SERRA
4-2-2-2
4-2-2-2

Stivi


Vitor


Edson
70'

Boo


Fabão


André Luiz


Gut


Dudu


Viella


Willian


Dick
43’

Willian Costa


Fernando Lopes


Caio Silva
60'

Rafael Branco


Welker
85'

Radsley
90'
Carioca
60'

Igor Pato


Wesley


Adelino


Acosta

Entraram

Pitty
43’

Igor60'

Rodolfo
70'

Daniel60

Dudu
90'

James85'
Técnicos
Ivan Canela
Axel
Gols
Adelino, aos 32min 1ºT


Rodolfo, aos 40min 2°T


Willian, aos 27min 2ºT
Árbitro: José Araújo Junior
Auxiliares: Paulo Modesto e Orlando Coelho
Público: 114 pagantes; Renda: R$ 1.440,00
Antes de desligar os aparelhos, Paulista vence na despedida da Série A-3 Antes de desligar os aparelhos, Paulista vence na despedida da Série A-3 Reviewed by Thiago Batista de Olim on 4/16/2017 12:09:00 PM Rating: 5

Anuncie aqui