Ex-Paulista marca gol que rebaixa Galo para a 4ª divisão do Campeonato Estadual - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Ex-Paulista marca gol que rebaixa Galo para a 4ª divisão do Campeonato Estadual

09/04/2017

Ex-Paulista marca gol que rebaixa Galo para a 4ª divisão do Campeonato Estadual


Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí
Foto: Robinson Machado – Comentarista da Rádio Difusora

Ingro poderia ser o herói do Paulista neste domingo contra o Grêmio Osasco, no estádio José Liberatti, pela penúltima rodada da Série A-3 do Campeonato Estadual. Ele entrou aos 13 minutos do primeiro tempo, fez o gol contra o seu ex-time aos 23 minutos do primeiro tempo. Mas ele jogou tudo na lata do lixo, aos 17 do segundo tempo, quando cometeu falta infantil no campo de ataque, e como já tinha amarelo (recebido no final da etapa inicial) e foi expulso. Com 10 homens, o time de Osasco foi com tudo e conseguiu o empate e depois a virada justamente com um ex-jogador do Galo: Kallyl. Ele marcou o gol que rebaixou o Paulista para a 4ª divisão do Campeonato Estadual. Derrota por 2 a 1 e mais uma queda na história centenária do Galo. Mas o rebaixamento mais doído na história. Nunca o Tricolor jogou este divisão. Em 2018 terá que jogar.

O Paulista está rebaixado, já que o Noroeste venceu o Catanduvense por 1 a 0. O Galo com 20 pontos está em 17º e somente chega a 23º e o primeiro fora da zona de rebaixamento é o Marília e já tem 24. Na última rodada, o Tricolor faz a sua despedida da Série A-3, quando recebe o Taboão da Serra. Justamente na próxima segunda-feira completa um ano da queda do Galo da A-2 para A-3. Agora da 3ª para a 4ª divisão.

O gol do Tricolor saiu no momento que o Osasco estava melhor na partida. O time gremista perdeu uma boa chance aos 20 minutos, em cruzamento de Marlon, que Dieguinho, livre, na entrada da pequena área, chutou na rede do lado de fora. Três minutos depois, gol do Paulista. Em uma jogada de escanteio, Edson pegou o rebote e chutou a gol. A bola bateu na zaga de Osasco e sobrou limpa para Ingro. Com sede de marcar contra o seu ex-clube, o camisa 15, teve a tranquilidade de tirar de Jeferson, para fazer 1 a 0 a favor do Galo.



Detalhe: Ingro começou a partida no banco de reservas, e entrou logo aos 15 minutos, devido a uma lesão de Jaílton.  O Paulista teve ainda boas chances de ampliar o placar, mas perdeu especialmente com Willian Dias e Brendon, e o Tricolor foi para o intervalo apenas com 1 a 0 a seu favor. 

No segundo tempo, o Paulista quase ampliou aos 4 minutos, com Radsley, mas a cobrança de falta explodiu na trave. Depois, o Osasco foi com tudo, para pelo menos buscar o empate. O time começou a ficar mais perto da área do Galo e chegou a marcar o gol com Marreta, aos 13 minutos, mas a arbitragem anulou, alegando que o atacante gremista estava impedido.

Para deixar as coisas mais tensas, o atacante Ingro cometeu falta infantil no campo de ataque, aos 17 minutos. Como já tinha amarelo, recebeu o segundo e com isso o árbitro Paulo Sérgio dos Santos expulso o jogador, deixando o Paulista até o final da partida com dez jogadores.



Com isso, o Grêmio foi só ataque e começou a aparecer o goleiro Stivi, que fez grande defesa em chute de Wellington, de fora da área, aos 22 minutos. Depois o camisa 1 do Galo salvou o time novamente em chute de Marreta.    Mas aos 27 minutos não teve jeito. A bola ficou rondando a área do Tricolor, e a sobra ficou com Marreta. Ele da entrada da área acertou um chute colocado, sem chance para Stivi. 1 a 1.



Para piorar, aos 32 minutos, Kallyl marcou o gol que sacramentou o rebaixamento do Paulista. Ele que passou por Jundiaí em 2014. Um ex-Paulista fez o gol que decretou o descenso do Galo. Na comemoração ele tirou a camisa, e como já tinha amarelo foi expulso. Mas o time de Osasco comemorou a sua salvação. O Tricolor (que terminou o jogo com 9 atletas, já que Willian Dias foi expulso nos acréscimos) no ano que vem estará na 4ª divisão do Campeonato Estadual.

1
GRÊMIO OSASCO
2
PAULISTA
4-2-2-2
4-2-2-2

Jeferson


Stivi


Bruno Lima
53’

Edson


Vinicius


Fabão


Mauricio


Gut


Marlon


Vilella


Kallyl


Brendon


Klauber


Rafael Branco


Sanchotene
46’

Radsley


Dieguinho


Willian Dias


Fabrício
46’

Vechio
75’

Wellington


Jaílton
13’
Entraram

Seiji
46’

Ingro
13’

Marreta
46’

Ygor Pato
75’

Wallace
53’



Técnicos
Max Sandro
Sérgio Caetano
Gols


Marreta, aos 27min do 2ºT
Kallyl, aos
Ingro, aos 23min do 1ºT
Árbitro: Paulo Sergio dos Santos
Assistentes: Edislandio Nunes Bernardo e Leandro Alves