Joaci diz que não quer sabotar Amador de Jundiaí 2017. Serginho não quer dar ibope - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Joaci diz que não quer sabotar Amador de Jundiaí 2017. Serginho não quer dar ibope

28/04/2017

Joaci diz que não quer sabotar Amador de Jundiaí 2017. Serginho não quer dar ibope

Joaci Ferreira (esquerda) e Sérgio Aguiar (direita) na eleição da presidência da Liga, em 2014.
Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí
Foto: Thiago Batista

Nesta quinta-feira Joaci Ferreira rebateu uma frase do presidente da Liga Jundiaiense, Serginho Aguiar, que ele gostaria de sabotar o Campeonato Amador de Jundiaí. Joaci, autor da denúncia no Ministério Público, que pede investigação do uso da verba pública destinada a Liga Jundiaiense no ano passado disse que deseja saber onde foi gasto o dinheiro com a arbitragem no Amador de 2016.

“Não queremos sabotar o campeonato. Fiz a denúncia. O promotor me pediu as provas em dezembro. Levei 500 folhas a ele. E o promotor acatou essa decisão só agora”, disse Joaci. "Tenho documento de que a Prefeitura a verba de R$ 92mil. A prova tem que apresentar é o Serginho. Eu sei quantos jogos, quando era presidente da arbitragem, pois fiquei 11 rodadas. Foi pago 205 arbitragens e gastou R$ 43mil a R$ 45mil. Eu tenho estas partidas. Ele tem que provar se gastou os R$92mil nas 11 primeiras rodadas”, completou.

Joaci também gostaria de saber se a administração anterior da Liga realmente deixou dívidas na entidade. "Quero saber do resto do dinheiro que foi dado e onde foi parar o dinheiro dos times da taxa de anuidade. Ele fala que o presidente anterior deixou conta, mas nunca apresentou papel”, contou ele, que novamente disse que não deseja neste momento cargo na Liga Jundiaiense de Futebol. "Eu não posso sair, até provar a inocência. Se ele tem falado várias de coisas, que ele tenha o documento. Eu era presidente da arbitragem e se gastou R$ 43mil a R$ 45mil. E eu trago os árbitros para provar quanto eles receberam por partida", disse Joaci.

O Esporte Jundiaí entrou em contato com Serginho Aguiar, que preferiu não falar mais sobre o caso. “Não vou dar Ibope para o Joaci, tenho que colocar o Amador em campo e isto dá um trabalho imenso, não tenho tempo”, disse.