Michel: foi campeão da Copa Aramis Polli na mesma hora que o Paulista cai de divisão - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Michel: foi campeão da Copa Aramis Polli na mesma hora que o Paulista cai de divisão

09/04/2017

Michel: foi campeão da Copa Aramis Polli na mesma hora que o Paulista cai de divisão

Michel ano passado atuando pelo Galo, durante a disputa da Copa Paulista.

Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí
Fotos: Thiago Batista e Robson Naves

Michel Pereira ano passado ganhou uma oportunidade de fazer parte do elenco do time profissional do Paulista. Se destacou no time da Copa Paulista. A torcida do Galo, que gostou do seu futebol, esperava que ele continuasse no elenco para disputa da Série A-3 do Estadual. Mas a direção de futebol e a comissão técnica do futebol profissional julgaram que não era necessário ter a presença dele em 2017. Michel retornou aos gramados do futebol amador. E neste domingo, algo curioso aconteceu. Ele foi campeão da Copa Aramis Polli por volta do meio-dia. Ao mesmo instante o Paulista era rebaixado da Terceira para a Quarta Divisão Estadual. Apesar da queda do Tricolor ele ficou triste com o descenso que o Paulista sofreu. Quem também foi campeão pelo Catch e fez parte do Galo no ano passado foi o lateral Branquinho. 

O domingo, 9 de abril, de 2017 era para ser especial para Michel Pereira. Atacante do Catch a Fire queria ser campeão, marcando um gol. Pois era aniversário do seu pai, Marquinhos Testa, que jogou no Paulista na sua carreira, que completou 52 anos de vida. E conseguiu marcar o gol e levantar a taça de campeão. “Título é título, independentemente de onde eu jogue eu quero sempre ganhar. E hoje tinha um motivo em especial que era aniversário do meu pai, e ele estava lá, queria presentear ele com o título é acabou acontecendo”, contou Michel.

O atacante na reta final da Copa Aramis Polli foi um dos principais nomes do Catch a Fire, marcando um gol na semifinal contra o Tijuco (vitória por 2 a 1) e um gol na decisão contra o Bahia (3 a 2). O jogador disse que não parou para pensar se realmente é uma das grandes fases que está na fase da sua carreira. “Mas se dizer que sim. Nunca fui de fazer muitos gols, mas ultimamente tem saído alguns tentos, e sempre tem alguém que me para e faz elogios”, disse.

Michel (segundo de pé - sem camisa) comemora título da Copa Aramis Polli neste domingo
Apesar da alegria da conquista, Michel e o pai chegaram a comentar um pouco sobre o rebaixamento do Paulista. “A gente fica chateado, ele construiu uma vida em Jundiaí através do Paulista, e eu sei o quanto ele gosta do clube”, disse o atacante do Catch a Fire. “Fiquei triste pela queda do Galo, independente da minha passagem pelo clube. Antes de atuar já era torcedor, e ainda tenho amigos no clube. Mas fazer o qu, o o problema não é o agora, é uma consequência de vários anos”, completou.

O jogador disse que não assistiu jogos do Paulista na A-3 no estádio, e assistiu um pela internet. “Apesar de gostar do time, fiquei chateado dá forma como eu saí, e não estava muito afim de ficar respondendo perguntas pra torcedores, e muito menos que ficassem fazendo comparações, então preferi não acompanhar”, contou o atleta, que acreditava que poderia sim fazer parte do elenco nesta Série A-3 e ter ajudado o clube a não ser pelo menos rebaixado. “São opções de treinadores e dá diretoria, apesar de não concordar tenho que respeitar a opinião deles”, completou.

Michel a partir de maio será uma das atrações do Estrela, clube da Ponte São João, no Campeonato Amador. O atleta disse que foi muito bem recebido no Azulão. “É um time de tradição na cidade, que me receberam bem, então fico ansioso pra poder retribuir a confiança que estão depositando em mim , pra esse ano”, afirmou ele que está defendendo Várzea Paulista na Copa Tv Tem de futsal – e jogará nesta segunda-feira contra Votorantim.