Basquete feminino: Mariane e Tarallo dizem que Jundiaí só deslanchou no 3º quarto - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Basquete feminino: Mariane e Tarallo dizem que Jundiaí só deslanchou no 3º quarto

25/05/2017

Basquete feminino: Mariane e Tarallo dizem que Jundiaí só deslanchou no 3º quarto


Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí
Foto: Thiago Batista

A ala Mariane Vargas e o treinador Luís Cláudio Tarallo, do sub-19 de basquete feminino do Time Jundiaí, concordaram que a equipe somente começou a atuar bem e mostrar o seu bom jogo contra Santo André a partir do 3º quarto, que foram importantes para a equipe vencer por 77 a 60, na noite da última quarta-feira, no Bolão, pelo Campeonato Estadual. Para eles, o time sentiu a derrota em Venceslau e a quebra da série de 32 jogos invictos na Federação, no primeiro tempo.

“O time sentiu um pouco a derrota em Venceslau e não começamos bem. Agora temos que treinar. A gente precisava se reerguer e a vitória foi importante para a gente mostrar o basquete que sempre tivemos”, contou Mariane Vargas. “A equipe vinha de uma série de vitórias e foi surpreendida no jogo, perde um pouco a confiança. Nosso time voltou a ser o que sempre fomos a partir do 3º quarto”, contou Tarallo.

O treinador para a competição está utilizando apenas 8 jogadores nos jogos do Estadual e um fato preocupa: na partida desta quarta-feira rodos os 77 pontos jundiaienses foram das cinco titulares (Rafaela, Geovana Lopes, Jenifer, Gabriela e Mariane Vargas). As três reservas atuaram na média de dez minutos (Sabrina, Isabelli e Yaisa) mas não marcaram pontos.


“São meninas do sub-17, e a gente está colocando, já que não estamos disputando competição nesta categoria. Elas estão iniciando um trabalho com a gente, mas mesmo não marcando estão sendo importantes em trabalhos defensivos, pegando rebotes, com assistências”, disse o treinador.