Copa Lance Livre: Itupeva vence Ideal Vila Rica e deixa disputa aberta pelo G-4 - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Copa Lance Livre: Itupeva vence Ideal Vila Rica e deixa disputa aberta pelo G-4

30/05/2017

Copa Lance Livre: Itupeva vence Ideal Vila Rica e deixa disputa aberta pelo G-4


Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí – com informações do A Voz do Esporte
Fotos: A Voz do Esporte

Aproveitando do fator casa, Itupeva venceu o Ideal Vila Rica por 4 a 1, nesta segunda-feira, no ginásio Dorival Raymundo, pela 10ª semana de jogos da Copa Lance Livre. Com o resultado a disputa por três vagas restantes no G-4 está aberta (apenas o Colorado de forma antecipada conseguiu classificação).


Itupeva, com o resultado, segue na sexta posição com 11 pontos, mas tem ainda dois jogos por disputar e pode terminar com 17 na 1ª fase. Para se classificar, os itupevenses terão que ganhar de Canarinho e Alfa – nos dias 5 e 14 de junho, no Bolão, para chegar aos 17 pontos e torcer que o confronto Asp-fut e Ideal – programado para o dia 5 – termine em empate, e o Asp-fut não vença Valinhos nesta terça-feira. Existe a possibilidade de Itupeva ainda roubar as vagas de DNA ou São João – ambos já tem 17 pontos, mas teria que descontar de um dos dois 32 gols de saldo – algo muito difícil.



O jogo - Itupeva iniciou a partida já marcando sobre pressão e dando pouco espaço para que o rival pudesse respirar. A estratégia deu resultado e, pouco antes do cronômetro alcançar os 6 minutos de jogo, Lucas Paixão abriu o placar. Mesmo à frente no placar, o time continuou dominando e, aos 12 minutos, Vinícius Teixeira ampliou para os itupevenses.


O segundo gol deu tranquilidade para o time da casa, mas também acordou o visitante, que equilibrou a partida, diminuindo a quatro minutos da etapa complementar, com gol de Gilberto, que marcou em cobrança de tiro livre direto, depois que Itupeva cometeu a sexta falta.


No segundo tempo, logo com um minuto de jogo, Itupeva fez o terceiro gol, novamente com Lucas Paixão, e aumentou a vantagem, passando a cadenciar a partida, deixando a posse de bola com o adversário e investindo em contra-ataques perigosos. O Ideal também apresentava perigo, mas investia em chutes de longa distância, todos terminando em defesas seguras do goleiro Rômulo, que entrou no intervalo.


Aos 8 minutos, Júlio Cesar quase aumentou para Itupeva, em lance genial por cobertura, mas o travessão salvou. Nos minutos finais, Rômulo ainda fez defesa milagrosa no que seria o segundo gol do Ideal, e, faltando apenas 30 segundos, com a vitória praticamente sacramentada, os itupevenses marcaram mais um, com José Carlos.