Propaganda 1 - Cabeçalho - 340x92

Nalbert: “Estou bem como comentarista. Vou direto para o jogo, e não precisa treinar”


Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí
Foto: Thiago Batista

Nalbert, capitão do vôlei masculino do Brasil na conquista do ouro olímpico em Atenas 2004, desde 2010 aceitou um novo desafio: ser comentarista da modalidade na tv fechada, no caso no Sportv. E para quem pensa que verá o “eterno camisa 12” da seleção comandando uma equipe ou até a seleção brasileira, a chance é bastante pequena. Perguntando se algum dia pode exercer a função de treinador ele respondeu: “Estou bem assim. Comentarista vai direto para o jogo, não precisa treinar”, disse brincando.

Como comentarista, Nalbert esteve presente no Mineirinho, no último domingo, na decisão da Superliga masculina, quando o Cruzeiro conquistou o quarto título consecutivo do Campeonato Nacional, o quinto nos últimos seis anos. E para ele essa hegemonia cruzeirense não vai parar tão cedo. “Do jeito que está vai demorar para algum time superar o Cruzeiro. E isso é fruto de um grande trabalho, de um grande projeto. Os resultados que estão colhendo agora, não são acaso. Foi tudo bem plantando lá trás, há 10, 11 anos. E hoje a gente vê o time do Cruzeiro e do Rio de Janeiro no feminino sempre chegar forte na decisão, construíram um projeto, construíram uma filosofia muito forte”, contou.

Atual seleção brasileria - Nalbert comentou sobre a seleção brasileira masculina, que nesta segunda-feira, teve a 1ª convocação feita pelo novo treinador Renan Dal Zotto, que vai disputar a partir do próximo mês a Liga Mundial. Foi a 1ª listagem feita por Renan, após Bernanrdinho deixar o comando da equipe nacional – onde esteve nos últimos 16 anos. “A convocação foi boa. O Renan tem um grande desafio que é substituir o Bernardinho. O Bernardo é um fora de série, mas não eterno e essa troca tinha que ser preparada. Confesso que foi uma surpresa o nome do Renan, outros mereciam mais, como o técnico do Cruzeiro, o Marcelo Mendes, por tudo que vem fazendo no clube aqui na Superliga, seria o meu número 1 pelos resultados no Brasil”, contou. “Identificaram o Renan a continuidade do trabalho, o que poderia acontecer com o Rubinho, auxiliar do Bernardinho. Continuidade vai existir, Brasil tem time forte, vai ser um grande trabalho, mas um enorme desafio não apenas para o Renan, mas para esta geração, que agora está no topo com o ouro olímpico e todos querem tirar a pedra na vidraça”, completou.
Nalbert: “Estou bem como comentarista. Vou direto para o jogo, e não precisa treinar” Nalbert: “Estou bem como comentarista. Vou direto para o jogo, e não precisa treinar” Reviewed by Thiago Batista de Olim on 5/09/2017 01:09:00 AM Rating: 5

Anuncie aqui