No Jardim Tamoio, Jundiaí inicia projeto pioneiro de handebol ao lado da Confederação - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: No Jardim Tamoio, Jundiaí inicia projeto pioneiro de handebol ao lado da Confederação

08/05/2017

No Jardim Tamoio, Jundiaí inicia projeto pioneiro de handebol ao lado da Confederação


Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí
Foto: Assessorias de imprensa – Confederação Brasileira de Handebol e Prefeitura de Jundiaí

Nesta segunda-feira, a quadra da Associação dos Moradores Jardim Tamoio, em Jundiaí, recebeu com festa o Núcleo Correios de Handebol - Preparando Mãos para o Futuro. A cerimônia de lançamento contou com a presença do prefeito da cidade, Luiz Fernando Machado, do gerente regional de vendas dos Correios, César Tadeu Menezes Reis, da coordenadora do projeto e diretora de rendimento e formação da Prefeitura de Jundiaí, Rita Orsi, do gestor de esportes, Luiz Trientini e outras autoridades.

O projeto, que será realizado com apoio da prefeitura de Jundiaí e do Jundiaí Handebol Clube, atenderá 30 crianças, sendo 15 meninos e 15 meninas, de 9 a 12 anos, da Vila Tupi, no Jardim Tamoio, um bairro com vulnerabilidade social. A grade curricular terá aulas três vezes por semana (segunda, terça e quinta-feira).


"Para nós, é uma grande satisfação poder participar desse importante projeto. Esperamos contribuir para que valores sejam desenvolvidos, como amizade, disciplina, respeito, e que isso possa contribuir na formação das crianças. Nós agradecemos muito estar aqui, pois para nós isso é uma oportunidade, uma reafirmação da nossa missão", afirmou o gerente regional de vendas dos Correios, César Tadeu Menezes Reis. A entidade é patrocinadora dos projetos sociais da Confederação.

O ex-jogador de Jundiaí e da seleção brasileira Boi, estará à frente deste projeto pioneiro que chega a Jundiaí. Serão atendidas 30 crianças do Jardim Tamoio, entre meninos e meninas. “Eu não tive esta oportunidade e, talvez, se tivesse chegaria à seleção mais facilmente. Aqui, mais do que revelar atletas, esperamos formar um bom cidadão por meio do esporte”, declara.

O prefeito Luiz Fernando Machado destacou que Jundiaí é referência em boas práticas sociais e que é uma grande alegria receber esse núcleo na cidade. "Todos ficarão muito felizes com o que será desempenhado, queremos dar oportunidade para todos. Essas famílias terão muita satisfação de viver o handebol na cidade", disse.

Além das aulas, o projeto contará com atividades extracurriculares, como visitas a centros culturais e museus, com o objetivo de contribuir na formação cidadã. Outro objetivo é que as crianças possam assistir a partidas de handebol em Jundiaí e região. As famílias também serão convidadas a acompanharem o projeto de perto.

A pequena Kethelyn Vitória da Silva Souza, de 10 anos, esteve no evento e se vê diante de um sonho realizado. “Sempre gostei de esporte, mais ainda no handebol. Penso em me tornar uma atleta profissional e aqui vou ter tudo o que preciso para chegar onde almejo”, afirma.

"Vamos trabalhar com atividades motoras, vivência esportiva, para apresentá-los ao handebol. Teremos um olhar fundamentado na parte lúdica e, logicamente, ensinaremos elementos técnicos e táticos: passar, receber, arremessar a bola; driblar, se livrar da marcação, tirar vantagem numérica e combinar jogadas. Além disso, teremos aulas de reforço, formação humana e orientação da sexualidade", explicou Rita Orsi.


"Estou completando 32 anos no handebol, quase 20 dedicados à Seleção Brasileira, com três ciclos olímpicos. Para mim, participar desse projeto é um orgulho, um presente, um reconhecimento ao meu trabalho. É imensurável o que sinto em poder ter essa oportunidade. Quero que seja um núcleo referência", finalizou.