Propaganda 1 - Cabeçalho - 340x92

No Jardim Tamoio, Jundiaí inicia projeto pioneiro de handebol ao lado da Confederação


Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí
Foto: Assessorias de imprensa – Confederação Brasileira de Handebol e Prefeitura de Jundiaí

Nesta segunda-feira, a quadra da Associação dos Moradores Jardim Tamoio, em Jundiaí, recebeu com festa o Núcleo Correios de Handebol - Preparando Mãos para o Futuro. A cerimônia de lançamento contou com a presença do prefeito da cidade, Luiz Fernando Machado, do gerente regional de vendas dos Correios, César Tadeu Menezes Reis, da coordenadora do projeto e diretora de rendimento e formação da Prefeitura de Jundiaí, Rita Orsi, do gestor de esportes, Luiz Trientini e outras autoridades.

O projeto, que será realizado com apoio da prefeitura de Jundiaí e do Jundiaí Handebol Clube, atenderá 30 crianças, sendo 15 meninos e 15 meninas, de 9 a 12 anos, da Vila Tupi, no Jardim Tamoio, um bairro com vulnerabilidade social. A grade curricular terá aulas três vezes por semana (segunda, terça e quinta-feira).


"Para nós, é uma grande satisfação poder participar desse importante projeto. Esperamos contribuir para que valores sejam desenvolvidos, como amizade, disciplina, respeito, e que isso possa contribuir na formação das crianças. Nós agradecemos muito estar aqui, pois para nós isso é uma oportunidade, uma reafirmação da nossa missão", afirmou o gerente regional de vendas dos Correios, César Tadeu Menezes Reis. A entidade é patrocinadora dos projetos sociais da Confederação.

O ex-jogador de Jundiaí e da seleção brasileira Boi, estará à frente deste projeto pioneiro que chega a Jundiaí. Serão atendidas 30 crianças do Jardim Tamoio, entre meninos e meninas. “Eu não tive esta oportunidade e, talvez, se tivesse chegaria à seleção mais facilmente. Aqui, mais do que revelar atletas, esperamos formar um bom cidadão por meio do esporte”, declara.

O prefeito Luiz Fernando Machado destacou que Jundiaí é referência em boas práticas sociais e que é uma grande alegria receber esse núcleo na cidade. "Todos ficarão muito felizes com o que será desempenhado, queremos dar oportunidade para todos. Essas famílias terão muita satisfação de viver o handebol na cidade", disse.

Além das aulas, o projeto contará com atividades extracurriculares, como visitas a centros culturais e museus, com o objetivo de contribuir na formação cidadã. Outro objetivo é que as crianças possam assistir a partidas de handebol em Jundiaí e região. As famílias também serão convidadas a acompanharem o projeto de perto.

A pequena Kethelyn Vitória da Silva Souza, de 10 anos, esteve no evento e se vê diante de um sonho realizado. “Sempre gostei de esporte, mais ainda no handebol. Penso em me tornar uma atleta profissional e aqui vou ter tudo o que preciso para chegar onde almejo”, afirma.

"Vamos trabalhar com atividades motoras, vivência esportiva, para apresentá-los ao handebol. Teremos um olhar fundamentado na parte lúdica e, logicamente, ensinaremos elementos técnicos e táticos: passar, receber, arremessar a bola; driblar, se livrar da marcação, tirar vantagem numérica e combinar jogadas. Além disso, teremos aulas de reforço, formação humana e orientação da sexualidade", explicou Rita Orsi.


"Estou completando 32 anos no handebol, quase 20 dedicados à Seleção Brasileira, com três ciclos olímpicos. Para mim, participar desse projeto é um orgulho, um presente, um reconhecimento ao meu trabalho. É imensurável o que sinto em poder ter essa oportunidade. Quero que seja um núcleo referência", finalizou.
No Jardim Tamoio, Jundiaí inicia projeto pioneiro de handebol ao lado da Confederação No Jardim Tamoio, Jundiaí inicia projeto pioneiro de handebol ao lado da Confederação Reviewed by Thiago Batista de Olim on 5/08/2017 08:08:00 PM Rating: 5

Anuncie aqui