Thiago Batista: O Paulista tem todo direito de mandar embora. Mas eu discordo... - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Thiago Batista: O Paulista tem todo direito de mandar embora. Mas eu discordo...

15/05/2017

Thiago Batista: O Paulista tem todo direito de mandar embora. Mas eu discordo...

Por Thiago Batista – Jornalista – criador e responsável pelo site Esporte Jundiaí

A diretoria do Paulista tem todo o direito de dispensar qualquer profissional e no momento que achar mais oportuno, seja qual categoria. Só que eu tenho todo o direito de discordar de uma atitude tomada pelo clube, com o respeito que é merecido.

Eu achei equivocada a demissão do treinador Ricardo Belli, que até o começo da noite da sexta-feira era o comandante da categoria sub-20. O motivo da sua dispensa é que seu estilo de jogo não se encaixava com o perfil dos garotos. Sinceramente, por mais que o time tenha treinando por dois meses, é somente com jogos valendo três pontos que a gente observa as virtudes e defeitos do time. Mas para mim não é possível se avaliar qualquer tipo de trabalho com apenas duas partidas.... duas partidas. Para mim o mínimo para se avaliar o trabalho feito por um técnico, é seis jogos. O ideal seriam seis meses. Mas com seis partidas, eu já consigo enxergar quais são os pontos fortes e fracos de uma equipe. Agora com dois jogos, impossível...

E na categoria sub-20 o mais importante na minha visão é revelar jogadores para a categoria profissional, e não resultados e títulos. Mas cada vez mais no futebol brasileiro, os dirigentes (e estou falando num globo geral) se preocupam com vitórias, vitórias, 3 pontos e 3 pontos....

Jogadores revelados não há preocupação, já que cada vez mais em qualquer clube não é dada chance para os garotos, sob o aspecto que a pressão do profissional é diferente da base e os treinadores com medo de perder seus empregos. E tem que ter medo mesmo, pois até no sub-20 um profissional pode ser dispensado após trabalhar em apenas dois jogos...

Repito: o clube tem direito de dispensar um treinador, jogador, roupeiro ou qualquer outra pessoa a hora que desejar, mas eu discordo... Na Série A-3, o Paulista dispensou Carlinhos Alves após perder os dois primeiros jogos para Inter de Limeira e Nacional... No fim, a avaliação me parece que foi feita de forma equivocada, já que os dois times citados são os finalistas da competição, enquanto o Galo mesmo trocando de treinador não evitou a queda para a Quarta Divisão do Campeonato Estadual.