Propaganda 1 - Cabeçalho - 340x92

Thiago Batista: A uma unha de levantar a taça, Timão não pode se iludir com o Estadual

Por Thiago Batista – Jornalista criador e responsável pelo Site Esporte Jundiaí

O Corinthians está digamos a uma unha de levantar o título do Campeonato Estadual. Somente uma enorme catástrofe, daquelas que nem o melhor roteirista de Hollywood pode imaginar, tira o título do Paulistão dos braços do Timão. Mas está conquista não pode iludir os responsáveis pelo futebol de Parque São Jorge. Neste caso os dirigentes do futebol profissional e a comissão técnica.  Pois não é sendo o primeiro colocado do Campeonato Estadual que o Corinthians está pronto para encarar o Brasileirão e lutar pela taça. Ledo engano. O alvinegro tem uma boa base titular. Mas precisa reforçar com algumas peças para aguentar todo o Campeonato Brasileiro.

Do chamado time titular, acreditamos que o Corinthians precisa trazer um atacante, que atue mais nos lados de campo, até porque o Romero no que deveria ser a sua principal função no time, de abrir espaços, criar jogadas e finalizar a gol, é o que faz de pior (como marcador de lateral é excelente, mas muito pouco para quem veste a camisa 11 do Timão). Nas demais dez posições, o time de Parque São Jorge tem condições no coletivo de brigar de igual para igual com todos os times do país.

Só que o Brasileirão nenhuma equipe consegue atuar por 38 rodadas (com junho, julho e agosto tendo jogos quarta e final de semana), apenas com 11 titulares, sem ter lesões. Impossível, numa competição (de forma equivocada) tira um atleta de uma partida após receber o 3º cartão amarelo (será tema de uma próxima coluna).

Corinthians precisa ter elenco para aguentar o Brasileirão e em alguns setores sofre. As posições mais carentes de opções são as laterais, um reserva para a zaga, e dois atletas para atuar pelos lados na chamada linha de 4 armadores, no 4-1-4-1.

No gol, Corinthians está bem servido com Walter na reserva de Cássio. Na zaga, precisa de um reserva que possa substituir sempre no mesmo nível Balbuena e Pablo. Nas laterais, o Corinthians não tem boas opções nem na direita e na esquerda para as reservas de Fagner e Arana.

No meio-de-campo, na posição de volante o Corinthians está bem servido seja com Paulo Roberto na reserva de Gabriel, com Felipe Bastos podendo até fazer está função (foi bem como volantão no Vasco e na Ponte Preta). Na linha de meias-centrais Camacho e Marciel são boas opções para reservas de Maycon e Rodriguinho.

Para a armação pelos lados, como escrevemos, precisaria de alguém para as jogadas mais agudas pela esquerda para o time titular (Clayton ainda não mostrou a que veio) e falta um nome para o lado direito, para fazer “sombra” para Jadson.  E para a posição de centroavante, o Corinthians precisa de um reserva melhor que Kazim, que pode falar que “é da galera, que adora o clube”, mas não é jogador para atuar em clube da Série A de qualquer campeonato nacional nos dias de hoje.

O Corinthians tem uma boa base de elenco para o Brasileiro, precisa de pequenos ajustes, na nossa opinião cinco jogadores, para ter chances de brigar pela taça do Brasileirão. Mas com o que tem hoje, tem condições de brigar por uma das seis vagas do Campeonato Nacional para a Libertadores. 
Thiago Batista: A uma unha de levantar a taça, Timão não pode se iludir com o Estadual Thiago Batista: A uma unha de levantar a taça, Timão não pode se iludir com o Estadual Reviewed by Thiago Batista de Olim on 5/02/2017 12:19:00 PM Rating: 5

Anuncie aqui