Adiado pela 3ª vez. Liga adia início do Campeonato Amador de Jundiaí - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Adiado pela 3ª vez. Liga adia início do Campeonato Amador de Jundiaí

02/06/2017

Adiado pela 3ª vez. Liga adia início do Campeonato Amador de Jundiaí


Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí
Foto: Thiago Batista

A Liga Jundiaiense de Futebol pela 3ª vez está adiando o começo do Campeonato Amador de Jundiaí.  A bola era para começar nas Séries A e B neste domingo, mas a entidade novamente adiou o início da competição, agora em virtude de os clubes terem que pagar a taxa de arbitragem – e as agremiações não concordam, ameaçando não jogar. Para não criar grandes problemas na rodada de domingo, o presidente da Liga Jundiaiense adiou o início do Amador novamente. A entidade marcou uma reunião para segunda-feira com os clubes participantes do Amador da Série A e na terça-feira com os clubes da Série B, às 19h. Clubes foram avisados do adiamento. 

O Campeonato Amador estava previsto para começar logo no domingo seguinte ao Dia das Mães, dia 21 de maio. Mas a Liga ao divulgar a tabela adiou o começo para o último domingo de maio. Na semana passada, a Liga adiou pela 2ª vez o começo do Amador em virtude da demora da Federação Paulista em processar as fichas de inscrição dos atletas amadores da cidade.

A reportagem do Esporte Jundiaí obteve uma resposta oficial da Federação Paulista de Futebol na última quinta-feira, via a sua assessoria de imprensa, que confirmou que o tempo para emissão das carteirinhas varia caso a caso, portanto pode haver uma demora. “A Liga Jundiaiense de Futebol está filiada à FPF. A FPF realizada o cadastro de atletas amadores, incluindo os atletas da Liga Jundiaiense. O cadastro dos atletas é feito online, via Extranet”, concluiu a entidade, via a sua assessoria de imprensa.

O terceiro adiamento é o mais polêmico e revoltou alguns clubes. O motivo seria que os clubes teriam que pagar nas primeiras rodadas do Amador a taxa de arbitragem, no valor de R$ 150 por clube, em virtude de não haver neste momento o repasse por parte da Prefeitura de Jundiaí do custeio da arbitragem para a temporada. Não há uma data limite de quando os clubes estarão livres de pagar a taxa.

O motivo principal de não haver o custeio da arbitragem pela administração municipal neste momento seria o processo que tramita no Ministério Público, e por este motivo a Prefeitura de Jundiaí não pode fazer repasses. O MP de Jundiaí em abril abriu um inquérito para investigar sobre possíveis irregularidades no procedimento de destinação de verba pública a Liga Jundiaiense de Futebol no ano passado. A denúncia foi feita por Joaci Ferreira da Silva, onde alega que a entidade não estava com seus registros formalizados. O presidente da Liga, Serginho Aguiar nega qualquer falcatrua. 

Joaci Ferreira, autor da denúncia, diz que ele desde o ano passado gostaria de saber porque o dinheiro destinado ao campeonato era R$ 92mil não foi possível cobrir todos os gastos do campeonato. Segundo Joaci os gastos foram superiores a este valor.  Serginho defende que tudo foi feito dentro de forma correta.