Cinco times abordam o que esperam da disputa da Série A do Amador de Jundiaí - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Cinco times abordam o que esperam da disputa da Série A do Amador de Jundiaí

10/06/2017

Cinco times abordam o que esperam da disputa da Série A do Amador de Jundiaí

Cruzeiro Morada pela primeira vez irá jogaar a elite do futebol jundiaiense.
Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí / Foto: Cruzeiro Morada - Divulgação

Começa neste domingo a Série A do Campeonato Amador de Jundiaí. Cinco times contaram ao Esporte Jundiaí¸ o que esperam deles para a temporada 2017.

Na Ponte Preta, o treinador Rodrigo Alves – que venceu a edição do ano passado pelo Grêmio Marlene, em palavras curtas espera pelo menos estar nos playoffs. “A gente quer classifica entre os 8, espero fazer um bom campeonato, sendo que o ponto forte da nossa equipe será o conjunto”, contou.

Osmar, diretor de futebol do Estrela, também espera seu time pelo menos na segunda fase. “Nossa pretensão é primeiro classificação entre os oito e depois se tudo dê certo fazer outra fina este ano. Este ano esperamos um campeonato muito difícil, temos várias equipes vindo muito forte neste campeonato”, afirmou.

Estreante na elite do futebol amador, o Cruzeiro Morada tem objetivo bastante simples na competição. “A pretensão da equipe esse ano e se manter na elite do futebol amador da cidade e fazer um bom campeonato e mostrar para Jundiaí que podemos fazer uma equipe bem competitiva somente com jogadores da cidade sem atletas que foram profissionais”, disse. “Podem esperar um Cruzeiro Morada com muita vontade de vencer, com muita raça e vontade com bons planos de jogo. O ponto forte é toda a nossa equipe, pois temos dois ótimos goleiros, uma zaga bem experiente, volantes bons na marcação, os meias fazendo uma boa transição da defesa para o ataque e com bons finalizadores na parte ofensiva”, completou.

O outro Cruzeiro, o da Vila Maringá, espera novamente estar presente pelo menos nas quartas de final, segundo o técnico Fordinho. “A gente pretende fazer um bom campeonato e chegar entre os oito. A gente conseguiu manter a base do ano passado e com a chegada de atletas mais experientes como Maranhão, Jefferson, Bibao, Flávio, além do goleiro Márcio e Chokito que estava comigo no Palmeiras semifinalista do ano passado”, disse o treinador que fez três amistosos durante a preparação ao torneio.

Também novato na Série A o Tijuco quer se manter na Série A, segundo o seu treinador Carlos Andrade. “Com investimentos inferiores a outras equipes de maior força na competição o trabalho será voltado à permanência. É uma imensa tolice sair de uma divisão menor, onde os todos os clubes têm investimentos semelhantes, com seu elenco sendo composto por muitos atletas de bairro, e tentar medir forças com equipes financeiramente e tecnicamente superiores. Aproximadamente 70% dos nossos atletas são do bairro, muitos experientes, outros mais jovens”, contou. “O nosso torcedor pode esperar uma equipe forte, e que sabe o que fazer dentro de campo seja jogando com equipes grandes ou não.  O ponto forte da equipe é saber se defender, tendo em algumas competições uma das melhores defesas. Porém isso não significa ser uma equipe que joga na retranca, significa que a equipe se defende bem e sabe também à hora de atacar, sempre jogaremos para vencer”, completou o comandante tijucano.

1ª rodada - 11/jun - dom
Aramis Polli
8:20 - Cruzeiro da Morada x Sorocabana
10:20 - Fundão x Estrela

Dal Santo
8:20 - Fut-Rap x Resenha
10:20 - GR Dois x Real Doze

Ovídeo Bueno
8:20 - Ponte Preta x Tulipas
10:20 - Palmeiras x Tijuco

Pedro Raymundo
8:20 - Jamaica x Catorze
10:20 - Cruzeiro da Maringá x Águia Negra