Clubes das Séries A e B do Amador terão que pagar taxa de arbitragem no domingo - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Clubes das Séries A e B do Amador terão que pagar taxa de arbitragem no domingo

01/06/2017

Clubes das Séries A e B do Amador terão que pagar taxa de arbitragem no domingo


Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí
Foto: Thiago Batista

A Liga Jundiaiense de Futebol anunciou que os clubes das Séries A e B do Campeonato Amador de Jundiaí terão que pagar taxa de arbitragem na 1ª rodada, programada para este domingo. O motivo é que a entidade ainda não recebeu o repasse (verba) da Prefeitura de Jundiaí para o custeio da arbitragem da competição em 2017. O motivo principal seria o processo que tramita no Ministério Público, e por este motivo a Prefeitura de Jundiaí não pode fazer repasses. Cada clube terá que pagar por partida R$ 150. Não há uma data limite de quando os clubes estarão livres de pagar a taxa.

“Até que haja o repasse da Prefeitura, começaremos o campeonato com os clubes pagando a taxa de arbitragem. Resolvido este problema, a Liga devolverá o montante aos clubes”, declarou Serginho Aguiar, presidente da Liga Jundiaiense. Alguns clubes já se declaram contra pagar a taxa de arbitragem. Segundo a entidade, quem não pagar a taxa de arbitragem, perderá a partida por w.o.. administrativo.

Na semana passada, durante a coletiva que anunciou a desistência de Jundiaí em participar dos Jogos Regionais, o assunto sobre a taxa de arbitragem do Amador foi falado pela administração municipal. “A Liga Jundiaiense de Futebol está com problemas e a Prefeitura somente faz as coisas dentro da legalidade. Tudo será feito dentro apenas da legalidade. Se não houver legalidade, não teremos condição”, disse Trientini na época. No mesmo dia, a Prefeitura disse que somente debateria o assunto após ser resolvido a questão que tramite no Ministério Público.

O problema jurídico é que o Ministério Público de Jundiaí em abril abriu um inquérito para investigar sobre possíveis irregularidades no procedimento de destinação de verba pública a Liga Jundiaiense de Futebol no ano passado. A denúncia foi feita por Joaci Ferreira da Silva, onde alega que a entidade não estava com seus registros formalizados. O presidente da Liga, Serginho Aguiar nega qualquer falcatrua.  Joaci Ferreira, autor da denúncia, diz que ele desde o ano passado gostaria de saber porque o dinheiro destinado ao campeonato era R$ 92mil não foi possível cobrir todos os gastos do campeonato. Segundo Joaci os gastos foram superiores a este valor.  Serginho defende que tudo foi feito dentro de forma correta.