Time Jundiaí x Osasco: Em casa, adulto jundiaiense quer voltar a decisão após 2 anos - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Time Jundiaí x Osasco: Em casa, adulto jundiaiense quer voltar a decisão após 2 anos

20/06/2017

Time Jundiaí x Osasco: Em casa, adulto jundiaiense quer voltar a decisão após 2 anos


Por Thiago Batista – Esporte Jundiaí / Foto: Thiago Batista

Nesta quarta-feira, a partir das 19h30, a bola sobe para a disputa da semifinal entre Time Jundiaí e Osasco pelo Campeonato Paulista da 1ª divisão de basquete feminino. O confronto no ginásio do Bolão coloca em quadra a equipe de melhor campanha – Jundiaí, contra o rival que perdeu todos os seis jogos na fase classificatória. O basquete feminino jundiaiense busca voltar a uma final de campeonato adulto na Federação Paulista depois de dois anos. A decisão será também em Jundiaí na quinta-feira, às 19h30.

A última decisão que Jundiaí disputou na FPB foi em 2015, no Paulista da Série A-2, quando enfrentou São Bernardo. Em formato diferente do que o Paulista da 1ª divisão, o time jundiaiense perdeu os dois primeiros jogos da série e ficou com o vice-campeonato. Ano passado, no Estadual da série principal, Jundiaí caiu na semifinal para o Santo André. Osasco disputa a sua segunda semifinal em três anos – em 2015 caiu para São Bernardo.

Na primeira fase, os dois times se enfrentam duas vezes, e Jundiaí ganhou ambas; na partida de abertura da competição, em 19 de abril, ganhou por 5 pontos – 50 a 45, em Osasco; e na última partida das jundiaienses na primeira fase, em 6 de junho, no Romão de Souza, o Time Jundiaí ganhou por 49 pontos de vantagem – 112 a 63.

O Time Jundiaí conta com os pontos de Gabriela Guimarães – cestinha da competição com 24 pontos de média por jogo e as assistências de Carla Lucchini – 20 passes para cesta no torneio, sendo a segunda colocada neste quesito. Jundiaí ainda conta com as bolas de três pontos de Susan Cortes – acertou 18 nas seis partidas que disputou, liderando este quesito. No Osasco, conta com os pontos da dupla Isadora Souza e Julia Schmauch, que tem média 11 pontos por partida.