Copa Lance Livre – Técnico do DNA: “Eu sempre quis e quero ser um vencedor” - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Copa Lance Livre – Técnico do DNA: “Eu sempre quis e quero ser um vencedor”

03/07/2017

Copa Lance Livre – Técnico do DNA: “Eu sempre quis e quero ser um vencedor”


Alexandre Paulino é o comandante do DNA, que chega a decisão da Copa Lance Livre de futsal, após eliminar o São João na semifinal. Para ele o título do torneio é importante para sua carreira, que deseja ser de sucesso. “Eu aprendi que temos que ganhar tudo que disputamos. E eu sempre quis e quero ser um vencedor, ainda mais por se tratar em um campeonato sendo realizado dentro da minha cidade”, contou em entrevista ao Esporte Jundiaí.

Para ele seu time cresceu ao longo da competição. “Se formos comparar ao primeiro jogo posso dizer que sim os atletas se entrosaram mais e hoje estão voando em quadra. Mas esse time, ou seja esses atletas são vencedores e estão sempre procurando buscar o melhor, todos eles quando jogam, jogam da mesma maneira com muita entrega, e o elenco tem muita qualidade”, disse. Um exemplo foi a semifinal, contra o São João. “Sabiamos que seria um jogo difícil ainda mais pela rivalidade que se criou, mas me surpreendi pela facilidade que passamos por eles, e detalhe sempre entro para vencer. Esperar sempre espero, porém se não tivermos capacidade ficamos apenas na espera”, contou.

Para Alexandre, o ponto forte do time é o conjunto. “Nossa meta é sempre respeitar seja qual for o adversário, e o maior respeito quando se joga com uma equipe entre aspas inferior, não quero que eles façam chapéu, canetas e tal, ou seja, graça quero sim que sejam objetivos e conclua o ataque em gols e eles são focados nisso”, disse. Para ele foi uma boa a decisão ser no ginásio do bairro da Colônia. ”Graças ao bom senso da Liga e para um bom espetáculo para o público que irá nos prestigiar os dois jogos da final será no ginásio Romão de Souza”, disse.