Estadual sub-20: Foi sem querer, mas gol de Murilo abre vitória do Galinho, em casa - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Estadual sub-20: Foi sem querer, mas gol de Murilo abre vitória do Galinho, em casa

12/08/2017

Estadual sub-20: Foi sem querer, mas gol de Murilo abre vitória do Galinho, em casa


O Paulista se mantém invicto neste segundo turno do Campeonato Estadual sub-20. Neste sábado, o Galinho venceu o Bragantino por 2 a 0, no estádio Jayme Cintra, pela 3ª rodada do returno do grupo 3. O gol que abriu a vitória saiu de maneira inusitada. Diria Chaves: “Foi sem querer, querendo”. Mas no futebol, gol sem querer também vale. Melhor para Murilo, camisa  8 do Galinho, autor do primeiro tento. Victor na reta final do jogo, fechou o placar.


Com o resultado, o Paulista acumula 7 pontos nas três rodadas deste segundo turno, e no geral chegou a 21 pontos, se mantendo em 6º lugar. A diferença do Tricolor para a zona de classificação se manteve em cinco pontos, com os resultados da rodada. O sub-20 do Galinho volta a campo na próxima sexta-feira, quando em casa, recebe o Osasco Audax, a partir das 15h.
        

A partida foi a primeira em Jundiaí que teve a presença das torcidas organizadas com suas faixas e instrumentos musicais nas arquibancadas, após acordo do Ministério Público com a Federação Paulista, sobre a flexibilização com as organizadas, o que deixou um ar diferente para a partida. Antes da partida, por conta do tom dos uniformes parecidos, o Bragantino trocou sua camiseta de jogo após a execução do hino nacional.


Com bola rolando, o Paulista dominou o primeiro tempo. Sempre teve a posse de bola, e sempre com ela no campo de ataque encurralando o Bragantino. O primeiro gol era questão de tempo. Aos 20 minutos, em jogada de escanteio, o goleiro Willian (que substituía Alysson – suspenso) socou errado e a bola bateu em Murilo, e entrou. Gol sem querer, mas vale! Paulista 1 a 0.


O Tricolor poderia ter ampliado aos 25 minutos, se Luiz não chutasse a bola em cima do goleiro, já dentro da grande área e sem marcação da defesa rival. O goleiro Allan, do Galinho, na partida foi um mero espectador, já que nos primeiros 45 minutos não fez nenhuma grande defesa. Mas quase sofreu um gol, em uma saída de gol na reta final, que Kaio Lucas chutou, mas o zagueiro Evandro, quase em cima da linha, salvou. E o placar quase foi ampliado pelo Tricolor, aos 40 minutos, em bomba de Gil, de fora da área, que o goleiro rival fez ótima defesa.


O segundo tempo continuou o domínio do Paulista, mas com erros de passe no terço final do campo. O Bragantino mais parecia um time contente com o resultado, e com uma vontade que o jogo (e se possível o campeonato) acabe de maneira mais rápida possível. Aos 30 minutos a situação piorou para o Braga com a expulsão de Samuel, por 2º amarelo. E no lance seguinte, o Tricolor poderia ter feito 2 a 0. Vinicius puxou belo contra-ataque e serviu Luiz para marcar. Mas o centroavante do Galinho com o gol vazio, mandou a bola por cima do travessão. Mas aos 45 minutos, em contra-ataque puxado por Daniel, ele acertou a bola na trave. No rebote, Victor não desperdiçou e garantiu os 3 pontos ao time de Sérgio Caetano.


Além da vitória do Galinho, a rodada teve o Derby Paulista, em Barueri, com vitória do Corinthians sobre o Palmeiras por 1 a 0, o Guarani venceu o Flamengo por 1 a 0 – em Guarulhos, enquanto como mandante, o Osasco Audax superou o São José dos Campos por 4 a 0, e o Red Bull, na sua casa, venceu o Atibaia por 3 a 2. O G-4 da chave tem Palmeiras com 30, Corinthians com 29, Osasco Audax com 27 e Red Bull Brasil com 26. Na boca da zona de classificação estão Guarani com 25 e Paulista com 21. Praticamente eliminados estão Taubaté com 15, Juventus com 13, São José dos Campos com 11, Atibaia com 9 e Flamengo com 7.


Paulista x Bragantino
Paulista – Técnico: Sérgio Caetano
Allan; Pedro, Evandro, Papa-léguas e Alemão; Falcão, Murilo, Carlinhos e Gil; Vinícius e Luiz. Entraram: Luciano, Victor, Lucas e Daniel

Bragantino – Técnico: Marcus Paulo
William; Geovane, Caio, Lucas Vinicius e Caldrana; Robert, Luthiano, Arthur Dias, Guilherme e Artur Melo; Kaio Lucas. Entraram: Gustavo, Mazet, Paulo Junior e Samuel.

Gol: Murilo, aos 20min do 1ºT (1-0); Victor, aos 45min do 2ºT (2-0)
Arbitragem: Camilo Morais Zarpelão (árbitro); Mauricio Helder Luiz Alexandrino e Fernando Luis Raveli (auxiliares)