Líderes do grupo no 2º turno do sub-20, Paulista e Palmeiras se enfrentam no Jayme - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Líderes do grupo no 2º turno do sub-20, Paulista e Palmeiras se enfrentam no Jayme

28/09/2017

Líderes do grupo no 2º turno do sub-20, Paulista e Palmeiras se enfrentam no Jayme


O sub-20 do Paulista terá uma tarefa complicada nesta sexta-feira: encara o líder do grupo 3, Palmeiras, no Jayme Cintra, a partir das 15h, pela penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Estadual. E somente a vitória interessa a equipe dirigida por Sérgio Caetano, que ainda sonha com a vaga na segunda fase. Mas se contar apenas os pontos obtidos pelas equipes no segundo turno, o confronto reunirá justamente os dois melhores times.

Neste returno, após nove jogos, Paulista e Palmeiras possuem as melhores campanhas no grupo 3. O Verdão tem a melhor campanha do 2º turno com 24 pontos (8 vitórias e 1 derrota) ou 89% de aproveitamento dos pontos disputados. O Galo vem logo atrás com 20 pontos somados (6 vitórias – 2 empates – 1 derrota), o que representa 74% dos pontos conquistados. O chamado G-4 do returno tem Red Bull com 18 pontos (5-3-1) e Osasco Audax com 17 pontos (5-2-2). Atual campeão da Copa São Paulo, o Corinthians tem apenas a 5ª melhor campanha do 2º turno com 16 pontos (4-4-1). O Guarani, que ainda sonha com vaga, neste returno somou apenas 14 pontos (4-2-3). Os seis piores deste returno são São José dos Campos – 9 pontos (3-0-6), Taubaté e Juventus – 8 pontos (2-2-5), Bragantino – 7 pontos (1-4-4), Atibaia – 6 pontos (2-0-7) e Flamengo – 4 pontos (1-1-7).

Mas o que vale para definir os quatro times classificados no grupo 3 é a soma dos dois turnos. Nesta questão quem está tranquilo é o Palmeiras, único time da chave com vaga garantida de forma antecipada. O clube de Palestra Itália está na ponta com 48 pontos. O Paulista está em 5º com 34 pontos, um ponto atrás do Osasco Audax, que fecha a zona de classificação. Red Bull com 37 e Corinthians com 38 pontos ainda podem ser alcançados pelo Galo nestas duas rodadas finais. O Guarani, com 33 pontos ainda tem chances de avançar a próxima fase.

Para o confronto desta sexta-feira, o Palmeiras vem embalado: após a derrota no Derby do 2º turno, para o Corinthians, por 1 a 0, em Barueri – jogo no qual o alviverde foi mandante, os palmeirenses não sabem mais o que é derrota no Estadual: venceram os seis jogos que disputaram com 17 gols anotados e apenas 2 gols sofridos neste período. Como visitante, o Palmeiras ainda não perdeu na competição em 2017: oito vitórias e dois empates (um dos empates foi contra o vice-lanterna Atibaia, em 3 de junho, por 1 a 1; o outro foi contra o Corinthians, em Barueri, mas com mando do Timão, por 2 a 2).

O Paulista depois que perdeu para o Palmeiras no 1º turno em 5 de julho tem um retrospecto muito bom: foram seis vitórias (sendo que obteve uma série de quatro êxitos seguidos e atualmente tem uma série de dois jogos com vitórias), dois empates e apenas uma derrota (mas em casa, para o Red Bull, por 1 a 0).  No período, o time jundiaiense anotou 14 gols e sofreu 4.

Escalações - Para o jogo desta sexta-feira, as duas equipes não têm atletas suspensos por cartão. Sérgio Caetano deverá repetir a escalação vencedora do Paulista, que superou o Guarani na semana passada. O Galinho deve atuar com Allan; Zunquinha, Evandro, Papa-léguas e Alemão; Maurílio, Falcão, Murilo e Carlinhos; Gil e Vinícius. O Palmeiras deve atuar com Anderson; Matheus Rocha, Pedrão, Augusto e Matheus Bahia; Matheus Neris, Léo Paulino e Yan; Juninho, Stuart e Léo Passos.

Árbitragem - A partida terá árbitro de jogos das Séries A-2 e A-3 do Paulistão no comando. Danilo Silva é o juiz principal da partida. Os auxiliares serão Fernando Luís Raveli e Alexandre de Oliveira, com Max Venancio como quarto árbitro. O árbitro de 33 anos já esteve este ano em Jundiaí, atuando pela A-3, na derrota do Galo para a Matonense por 2 a 0.

Na partida realizada em 18 de fevereiro, Danilo Silva expulsou o volante Paulinho, por segundo amarelo, aos 9 minutos da etapa final, quando o jogo já estava 1 a 0 para a Matonense. Na época, o comentarista de arbitragem da Rádio Difusora, Rafael Porcari, gostou da atuação do juiz, avaliando como ótima.  Este será o 3º jogo do Estadual sub-20 de Danilo Silva em 2017 (atuou no empate por 1 a 1 entre Noroeste e Botafogo de Ribeirão, em 1º de setembro, em Bauru; e no último dia 22, na vitória em casa do Ituano sobre o XV por 5 a 1).