Futebol Possível dá aula de integração e confraternização no Jayme Cintra - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Futebol Possível dá aula de integração e confraternização no Jayme Cintra

22/10/2017

Futebol Possível dá aula de integração e confraternização no Jayme Cintra


Reunir em um estádio jogadores de futebol, crianças e assistidos do Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas (Peama), para confraternização foi o objetivo de mais uma edição do Futebol Possível, realizado na manhã de sábado, no Jayme Cintra. A integração entre grupos diferentes rompe barreiras do preconceito e abre espaço para a inclusão.

Aos 48 anos, Paulo Henrique de Campos, assistido do Peama, acumula 45 gols jogando como atacante. “Gosto de marcar gols. Sou um bom jogador”, conta o homem, animado com a disputa com os garotos do Projeto Educar pelo Esporte do Programa Vinhas de Luz e também com as meninas do futebol do time feminino do Paulista Futebol Clube.

O gestor da Unidade de Esporte e Lazer, Luiz Trientini, reconhece os benefícios que o encontro promove. “O Futebol Possível une as pessoas e promove a educação, o rompimento de barreiras e a socialização. É a educação socioafetiva”, aponta o gestor, que é voluntário no Projeto Educar pelo Esporte e já foi treinador do time feminino de futebol do Galo.

“Conseguir unir, em um mesmo evento, grupos tão diferentes para jogar junto, mostrando as suas habilidades é o que torna o evento especial. Os pais, que ficam na torcida, muitas vezes, tinham o sonho de jogar num estádio profissional, situação que o filho está realizando”, analisa César Munir, diretor de Esporte Adaptado da pasta.


Esta é a terceira vez que a jogadora do Paulista, Carolaine Barretos, 19 anos, goleira, participa do evento. “Não tem moleza. Jogamos com qualidade para realizar um espetáculo. É uma oportunidade de integrar pessoas diferentes pelo esporte”, salienta. “Não se joga só futebol. Mostrar que na vida tudo é possível é um dos objetivos desse evento”, detalha a diretora do Departamento de Esportes de Formação de Rendimento, Rita Orsi.

Foto: Divulgação - Prefeitura de Jundiaí