Jogos Mais 60 atraem frequentadores dos complexos esportivos de Jundiaí - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Jogos Mais 60 atraem frequentadores dos complexos esportivos de Jundiaí

30/10/2017

Jogos Mais 60 atraem frequentadores dos complexos esportivos de Jundiaí


A realização dos Jogos Mais 60 em Jundiaí, em novembro, movimenta os frequentadores dos complexos esportivos da cidade. A iniciativa é aberta ao público nascido até 1958 e servirá como oportunidade para a seleção de atletas para os próximos Jogos Regionais dos Idosos (JORI).

O evento será realizado no dia 25 de novembro e conta com as modalidades bocha, malha, atletismo, buraco, damas, dominó, natação, tênis, tênis de mesa, truco e xadrez. As competições serão realizadas no Bolão, Antônio de Lima e ESEF, a partir das 8h. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 10 de novembro. A ficha de inscrição pode ser obtida neste link, mas deve ser entregue pessoalmente em um dos postos de recebimento (Bolão, Fundo Social de Solidariedade, Criju ou Paço Municipal). Durante o feriado prolongado de finados, as fichas poderão ser entregues no Bolão.

De acordo com dados do Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população acima de 60 anos soma, em Jundiaí, 49.387 pessoas, o que representa 12% da população estimada de 409 mil habitantes. Segundo levantamento da UGEL, cerca de 2,5 mil pessoas com mais de 59 anos praticam regularmente atividades físicas supervisionadas nos 20 CECEs e 19 Unidades de Apoio espalhadas pela cidade.

Adepta da ginástica e do pilates oferecidos pela Prefeitura de Jundiaí, Dirce Vila De Castro Bellodi, 64 anos, se interessou em participar dos Jogos Mais 60. “A prática de esporte é fundamental para os idosos. Deixa a gente ativa, melhora a cabeça e o corpo. Esses jogos são interessantes para a comunidade. Pela integração que oferece a oportunidade de fazer novos amigos. Quero participar no dominó. Já ganhei vários troféus na modalidade”, conta a idosa, orgulhosa das disputas já vencidas.

Sueli Aparecida Ribas Luz, 59 anos, e o marido Waldy Lucindo Luz, 66 anos, são frequentadores das aulas de ginástica da unidade de apoio da Vila Lacerda. “Não tomo nenhum remédio. Comecei a fazer ginástica porque não tinha vontade de levantar da cama. Depois que comecei, sou outra pessoa. Consegui trazer o meu marido agora, depois que os resultados dos exames dele apresentaram colesterol, diabetes e triglicérides”, comenta. Para ela, a realização dos Jogos Mais 60 em Jundiaí, é uma forma de divulgar as atividades oferecidas gratuitamente.

Foto: Divulgação – Prefeitura de Jundiaí