São José Nambi entrará com reclamação pedindo eliminação de Império e Jahmarley - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: São José Nambi entrará com reclamação pedindo eliminação de Império e Jahmarley

20/10/2017

São José Nambi entrará com reclamação pedindo eliminação de Império e Jahmarley


O presidente do São José Nambi, Clayton Silva entrará com uma reclamação junto a Liga Jundiaiense de Futebol, contestando a decisão tomada pela entidade onde decretou a vitória administrativa para o Jahmarley sobre o Império por 3 a 0, mas sem contar o placar para efeito de saldo de gols, e sim apenas os pontos, resultado que classificou ambos para as quartas de final da Série B do Campeonato Amador, eliminado o São José Nambi, que caiu de 2º para 3º no grupo H. O São José somou 4 pontos, contra 6 de Império e Jahmarley.

O São José Nambi irá se basear no artigo 9º do regulamento onde informa que “a não realização ou paralização da partida por culpa de algum time ou de sua torcida o time perderá por w.o.., caso sejam ambos os times e torcida será aplicado w.o. para ambos”. Para o clube da Vila Nambi, no caso, ambos foram provocadores do tumulto que fez a partida não ser encerrada.


“Não é justo o que está acontecendo com a gente. A gente ganhou dentro de campo. Classificamos lá dentro. Para nós não deveria ter rodada no domingo, e com essa decisão, até teria que fazer outro sorteio para não prejudicar ninguém dos playoffs. O certo seria fazer uma nova reunião com todos os times participantes”, disse Clayton Silva.


Para Clayton Silva, a melhor decisão seria jogar novamente todos os jogos do grupo H, desde o início. “Meus jogadores acham que deveríamos ficar com a vaga. Mas na pior das hipóteses, jogar tudo de novo a partidas da chave, desde a 1ª rodada, inclusive o nosso contra o Vasco, porque os vascaínos também foram prejudicados com esta situação, pois todos teriam chance de classificação, com essa mudança da 1ª rodada. E nenhum clube pagaria a arbitragem”, completou.

Para Leandro Rafael, dirigente do Império, a decisão da Liga surpreendeu o clube, mas eles não devem entrar com nenhuma ação sobre o ocorrido. “A gente foi pega de surpresa. Foi feito uma reunião entre advogados da liga e clube. Serginho me comunicou hoje. Estou aguardando o presidente do clube, mas não devemos entrar com uma ação, para não parar o campeonato e não queremos entrar numa disputa jurídica”, contou.

Eduardo Soares, presidente do CAM, não gostou da decisão da Liga de manter o Império como seu adversário nas quartas de final. Para ele, o correto era os 3 gols da vitória do Jahmarley sobre o Império valerem para efeito de classificação, o que mudaria o seu adversário. “Está uma palhaçada. Se fosse ver, o correto seria a gente enfrentar o Jahmarley. Está uma bagunça total. Mas vamos aceitar o que a liga achar melhor”, contou.

O Esporte Jundiaí entrou em contato com dirigentes do Jahmarley e do Doze da Vila Nambi no período da tarde. Dirigentes do Doze da Vila conversaram após a publicação da reportagem e lamentam que as notícias de bastidores atrapalhem o campeonato. “O que está acontecendo na Série A e Série B estão manchando o Campeonato Amador, que já está mal falado em toda região. Anos atrás éramos espelho, e hoje o Amador de Jundiaí é motivo de chacota nas outras cidades”, contou Rodrigo Soneca.

“Para gente o que a Liga decidir está definido. Um time que deseja subir não pode escolher adversário, pois a gente nestas quartas de final entraremos em campo com o mesmo propósito”, completou o presidente do Doze da Vila Nambi.  Do Jahmarley, o treinador Serginho Batista, disse que não poderia atender a reportagem naquele momento, por ter outros compromissos.