Nenê sobre a carreira: “Quero ser um Zé Roberto da vida. Até os 40 anos eu vou jogar” - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Nenê sobre a carreira: “Quero ser um Zé Roberto da vida. Até os 40 anos eu vou jogar”

24/12/2017

Nenê sobre a carreira: “Quero ser um Zé Roberto da vida. Até os 40 anos eu vou jogar”


O meia-atacante Nenê, foi revelado no Paulista, no começo dos anos 2000. No Galo conquistou dois títulos: a Série A-2 do Paulistão e a Série C do Brasileirão, ambos em 2001. Há sete anos, ele sempre volta a Jayme Cintra para promover o jogo Fome Só de Bola. Perguntando se algum dia pode voltar a Jayme Cintra, em uma partida profissional, com a camisa do Paulista, ele disse que pretende ser um “Zé Roberto no futebol”. O ex-meia de Santos, Portuguesa e Palmeiras se aposentou no mês passado, aos 43 anos.

“Ainda não pensei nisso (sobre voltar a jogar no Jayme Cintra uma partida profissional). Tenho mais um tempo de bola. Estou velho entre aspas para o futebol, mas quero ser um Zé Roberto da vida. Até os 40 anos eu vou jogar. Nunca tive nada de lesão, sou magrinho e tenho cabeça boa, mas não é uma coisa que pensei ainda, mas quem sabe”, declarou.

Sobre o evento, o grande promotor do evento, gostou de todo ambiente que ocorreu em Jayme Cintra. “Muito feliz por esta linda. Estádio lotado, pena que tivemos algumas ausências, mas normal. Teve gente que perdeu voo. Mas muito feliz por fazer o Fome Só de Bola e ajudar muita gente com 20 toneladas. Agradecer de coração todos que vieram, meus amigos, o Caio Castro, todos que estiveram”

O ator Caio Castro, na entrevista coletiva, aproveitou para deixar um cutucão nas entidades políticas do páis. “Independentemente da gente fazer gol, da partida em si, o objetivo era ajudar quemprecisa, o que o governo não faz, e a gente faz sem reclamar. A gente fez nossa parte. E foi recorde de arrecadação, agradecer o público que veio, e as empresas que ajudaram o alimento e o propósito do evento foi este”

Na soma dos sete eventos realizados foram arrecadados 150 toneladas. “Até me emociono com estes números. E esse é o intuito. Você não imagina ficar sem comer alguma coisa. Tem crianças que ficam dias sem comer e ajudar elas, isso não tem preço. Vale a pena, cada esforço, cada convite para tantas celebridades do Brasil e do mundo e virem até minha cidade para este evento”, finalizou Nenê.