Paulista “desaparece” do ranking nacional de clubes da CBF de 2018. Pode voltar só em 2021 - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Paulista “desaparece” do ranking nacional de clubes da CBF de 2018. Pode voltar só em 2021

04/12/2017

Paulista “desaparece” do ranking nacional de clubes da CBF de 2018. Pode voltar só em 2021


Desde 2003 a CBF começou a ter um ranking nacional de clubes, e o Paulista sempre apareceu. Mas pela 1ª vez na sua história o Galo Jundiaiense não aparece, em virtude das mudanças recentes que a entidade que cuida do futebol brasileiro fez nos critérios para o seu ranking.

Desde 2013, a CBF somente computa os resultados de um clube em competições nacionais nos últimos cinco anos. O Paulista ainda figurou nos rankings de 2014 até 2017, mas o de 2018 já não aparece mais, em virtude de não jogar um torneio de nível nacional desde 2012 – última vez foi a Copa do Brasil de 2012, quando não passou da 1ª fase, sendo eliminado pelo Goiás, com derrotas nos dois jogos. No Brasileiro, o Galo jogou pela última vez uma divisão, em 2009, quando integrou a Série D. No ranking nacional de clubes de 2017, o Paulista apareceu na 217ª posição, com 50 pontos.

O Paulista somente poderá figurar novamente no ranking da CBF de 2021. Isto porque em 2018, o Galo no futebol profissional somente terá a 4ª divisão do Campeonato Estadual. E para voltar a disputar alguma competição nacional, como filiado da Federação Paulista, o Tricolor precisa estar no mínimo na 3ª divisão do Paulistão, para estar apto a disputar a Copa Paulista, que oferece aos seus finalistas uma vaga na Série D do Brasileiro ou uma vaga na Copa do Brasil. 

O processo, de maneira rápida voltar a figurar no ranking da CBF, se os critérios atuais foram mantidos, seria da seguinte maneira:
- 2018 – Jogar a 4ª divisão do Campeonato Estadual e ser um dos finalistas, e por consequência conquistar o acesso
- 2019 – Disputar a 3ª divisão do Campeonato Estadual, não ser rebaixado, e estar apto a disputar a Copa Paulista, onde precisaria chegar a final para conquistar uma vaga na Série D do Brasileiro ou na Copa do Brasil
- 2020 – Estar na 2ª ou 3ª divisão do Estadual e jogar a Série D do Brasileiro ou na Copa do Brasil para assim voltar a figurar no ranking de clubes da CBF
- 2021 – Voltaria a estar no ranking de clubes da CBF

O ranking nacional de clubes da CBF conta pontos apenas para os times que disputam as Séries A, B, C ou D do Campeonato Brasileiro ou a Copa do Brasil nos últimos cinco anos. A pontuação tem pesos que variam de 1 a 5, sendo que o peso maior para o ano de 2017 (peso 5) e menor para o 2013 (peso 1). Torneios de base, Copa do Nordeste e Copa Verde, torneios organizados pela CBF não contam no ranking. O ranking serve para definir 10 times, que não conseguiram via-Estaduais, Brasileirão das Séries A e B, Copa do Nordeste ou Copa Verde uma vaga na Copa do Brasil. 

No ranking de 2018, a liderança é dividida por Palmeiras e Cruzeiro com 15.288 pontos. Em seguida no Top 10, vêm Grêmio (15.092), Santos (14.884), Atlético Mineiro (14.312), Corinthians (14.076), Flamengo (12.796), Botafogo (11.958), Atlético Paranaense (11.718) e Internacional (11.368).