Paulista disputa título da Copa Ouro sub-19 nesta 4ª contra o “Bragantino de Hortolândia” - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Paulista disputa título da Copa Ouro sub-19 nesta 4ª contra o “Bragantino de Hortolândia”

05/12/2017

Paulista disputa título da Copa Ouro sub-19 nesta 4ª contra o “Bragantino de Hortolândia”


O Paulista entra em campo nesta quarta-feira para disputar pela 5ª vez consecutiva a decisão da Copa Ouro de futebol sub-19. Declaradamente rei da competição, já que venceu três das cinco edições já disputadas, o Galo recebe no Jayme Cintra, às 15h, o seu algoz no ano passado, o Bragantino. O alvinegro de Bragança venceu a Copa Ouro no ano passado, batendo o Tricolor nos pênaltis. Mas o Bragantino que está disputando a Copa Ouro e que vai disputar a Copa São Paulo de futebol junior apenas usa a camisa do clube da “Terra da Linguiça”. A Rádio Difusora 810 AM transmite a partida, iniciando os trabalhos às 14h30, com narração de Marcelo Tadeu, comentários de Thiago Batista, reportagens de Luiz Antônio "Cobrinha" de Oliveira e apresentação de Adilson Freddo.

Segundo apuração da reportagem do Esporte Jundiaí, o time sub-19 do Bragantino é fruto de uma parceria com um grupo de empresários de Hortolândia. O time inclusive treina em Hortolândia e na Copa Ouro sediou suas partidas em Valinhos, no estádio Nestor Donadelli. O Paulista é diferente, é o time da cidade, treina em Jundiaí, e mandou suas partidas até a semifinal no Romão de Souza. Na decisão, para privilegiar a torcida e também premiar seus jogadores mandará a partida no Jayme Cintra.

Na temporada, entre confrontos das categorias sub-19 e 20 de Paulista e Bragantino, o Galo está invicto. Np Estadual sub-20, empate por 1 a 1 em Bragança Paulista e vitória em Jundiaí por 3 a 0. Na 1ª fase da Copa Ouro sub-19, o Tricolor venceu o Bragantino por 3 a 0, no Romão de Souza. Do confronto no Jayme Cintra no Estadual sub-20 para a Copa Ouro, o Paulista teve apenas três baixas da escalação titular daquela partida, todas por estouro de díade (o zagueiro Mateus Papa-léguas, o lateral Alemão e o meia Carlinhos já tem 20 anos e não podem atuar na Copa Ouro); enquanto o Bragantino, apenas três titulares permaneceram entre os onze (o volante Robert, o meio-campo Luty e o atacante Kaio Lucas). Os treinadores dos dois times são os mesmos do Estadual e na Copa Ouro: Sérgio Caetano no lado jundiaiense e Márcio Grippi no clube de Bragança.

O Paulista sonha em conquistar o título com 100% de aproveitamento, algo que não ocorreu nos três títulos consecutivos que teve na competição.  O Galo venceu a competição de maneira invicta por duas vezes: em 2015 foram seis vitórias e um empate, e em 2013 foram sete vitórias e um empate. Em 2014, a conquista veio, mas no caminho teve uma derrota, com sete vitórias. Se vencer o jogo no tempo regulamentar, o Paulista levantará a taça com 100% de aproveitamento. Caso, o jogo decisivo termine empatado, o Galo ainda poderá conquistar o título, mas não será com 100% de aproveitamento, mas terá que superar o Bragantino nos pênaltis, já que o regulamento não oferece nenhuma vantagem ao time de melhor campanha ao longo da competição.

O Galo, em 2017, venceu os cinco jogos que disputou na 1ª fase e na semifinal goleou o Aliança Atlética por 5 a 0. O Tricolor marcou 31 gols e sofreu apenas um – na 1ª rodada, quando fora de casa, venceu o Aliança por 2 a 1.  O Bragantino chega a final de 2017, com uma campanha de quatro vitórias, um empate e uma derrota, com 11 gols anotados e 4 gols sofridos. Na semifinal, o Braga eliminou o Taboão da Serra, fora de casa, com êxito por 2 a 0.