São José define os 20 atletas que estarão em Jundiaí para disputa da Copa São Paulo - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: São José define os 20 atletas que estarão em Jundiaí para disputa da Copa São Paulo

28/12/2017

São José define os 20 atletas que estarão em Jundiaí para disputa da Copa São Paulo


Polivalência foi a palavra chave usada pelo técnico João Pedro Kaefer Lock no momento de tomar a difícil decisão entre os 20 nomes que compõem a delegação do São José, clube de Porto Alegre, para a disputa da Copa São Paulo de futebol junior. Eles partem na noite do dia 1º de janeiro rumo a Várzea Paulista, ao lado de Jundiaí, onde fica a sede do Zeca na competição – faz parte do grupo 20, que tem ainda Paulista, Avaí e Red Bull Brasil. Pelas regras da competição, um clube pode inscrever até 25 atletas para todo o torneio, mas por questões de logística e financeiras o clube inscreveu 20 atletas e trará quatro componentes na comissão técnica.

"Temos trabalhado muito a capacidade do nosso time de se adaptar ao que cada jogo apresenta, por isso analisamos bastante cada um dos nossos adversários da primeira fase nesses últimos dias. E a definição de quem eu levaria passou por isso. Praticamente todos os jogadores, exceto os goleiros e zagueiros, são capazes de fazer mais de uma função em campo", disse o treinador ao site oficial do São José.


O time é, literalmente, formado na casa. É que 12 dos 20 atletas são naturais de Porto Alegre e região, e há um núcleo paranaense. Dos quatro jogadores que vêm de fora do Rio Grande do Sul, três são de cidades da região do Paraná. O zagueirão Kerve, vindo de Fortaleza, é o atleta que veio de mais longe do Passo. O capitão da equipe, o zagueiro Douglas, curiosamente, não é nem de Porto Alegre, nem de fora do Rio Grade do Sul. Ele vem de Pelotas e chegou ao clube no começo deste ano. Do interior, vieram ainda o meia Tcharles, natural de Ibirubá, e a dupla de Erechim _ Guti e João.

O grupo é jovem, com média de idade de 18,5 anos. O mais experiente é o volante Silas, que completa 20 anos em janeiro. Ele participou da seleção gaúcha Sub-20, em dezembro, e cobrou o pênalti decisivo, que deu o título na final aos gaúchos. Já o mais jovem é o goleiro Lorenzo, de 17 anos. Ele é natural de Cascavel, no Paraná, e é uma das joias das bases do Zeca.

Na manhã desta sexta, a equipe faz o último jogo-treino antes de partir para a competição. Será contra o time profissional, no Passo d'Areia. Um teste forte para avaliar o quanto o grupo de jogadores evoluiu na proposta de jogo que o Zeca apresentará em São Paulo. “Não deveremos fugir muito da nossa característica, de valorizar a bola e primar pela boa transição de jogo. Quando não temos a bola, toda a atenção em pressionar o portador da bola. É como um jogo de xadrez. Nossa meta é garantirmos a vantagem no campo, às vezes, pela surpresa. Estamos conceituando os nossos jogadores”, aponta João Pedro, que terá na sua comissão técnicaMatheus Kihs (preparador físico), José Rafael Santos da Silva (auxiliar técnico) e Fernando Moura (preparador de goleiros).

Foto: Divulgação – Assessoria de imprensa do Esporte Clube São José