Futebol: Em programa de televisão, atacante jundiaiense Grafite diz que pode se aposentar - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Futebol: Em programa de televisão, atacante jundiaiense Grafite diz que pode se aposentar

23/01/2018

Futebol: Em programa de televisão, atacante jundiaiense Grafite diz que pode se aposentar


O centroavante jundiaiense Grafite não é mais jogador do Santa Cruz. Depois de renovar com o clube pernambucano há 20 dias, o jogador disse nesta segunda-feira no programa Bem Amigos, do canal fechado SporTV, que poderá se aposentar em breve dos gramados. O atleta na sua carreira profissional chegou a jogar na região, no Sport Club Paulista, em Campo Limpo Paulista, na antiga B-2 do Paulistão (5ª divisão estadual), em 1998. A família de Grafite mora em Campo Limpo Paulista, onde ele tem muitos amigos.

“Lá no Santa encerrou um capítulo da minha história. Já não me via em condições de ajudar da maneira que esperam, que o clube merece dentro de campo. Resolvi dar um ponto final e seguir minha vida. Por conta de desempenho, performance”, declarou. “Ano passado já não consegui, depois que voltei do Atlético-PR, por estar fazendo coisas extracampo. Tanto que a equipe caiu para a Série C do Brasileiro. Não queria que isso se repetisse. Estou com uma vida fora das quatro linhas agitada, novos projetos, novas parcerias no ramo de ser empresário. Tudo caminhando para ser o término”, completou.

O jogador de 38 anos encerra a sua carreira no clube onde se tornou ídolo. No Santinha foram 108 jogos e 39 gols, conquistando os títulos da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano em 2016. Em 2015, Grafite foi nome importante para ajudar a Cobra-Coral a subir da Série B para a Série A do Brasileirão.

A saída de Grafite do Santa Cruz já estava perto de se concretizar. Depois de renovar com a equipe pernambucana, ele faltou a alguns treinamentos alegando que tinha que resolver questões particulares em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e não jogou nenhuma partida em 2018.

Grafite na sua carreira também atuou na Matonense (1999-2001), Ferroviária (2001), Grêmio (2002), Seoul da Coreia do Sul (2003), Goiás (2003), São Paulo (2004-2006), Lens da França (2006-2007), Wolfsburg (2007-2011), Al-Ahli dos Emirados Árabes Unidos (2011-2014), Al Sadd do Catar (2015) e Atlético Paranaense (1º semestre do ano passado).

Grafite conquistou no São Paulo o Campeonato Paulista, Copa Libertadores e Mundial de Clubes em 2005, no Wolfsburg o Campeonato Alemão em 2008-09 – sendo artilheiro da equipe com 28 gols – sendo o 1º título da história do time e no Ah-Ahli ganhou a Copa do Presidente (2012-13), Campeonato Emiratense (2013-14), Liga do Golfo (2013) e Supercopa dos Emirados Árabes Unidos em duas oportunidades (2011-12 e 2013-14).

Foto: Divulgação - Santa Cruz Futebol Clube