No 100º jogo da história do Paulista na Copinha, sofre virada do Red Bull "Amarildo” - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: No 100º jogo da história do Paulista na Copinha, sofre virada do Red Bull "Amarildo”

07/01/2018

No 100º jogo da história do Paulista na Copinha, sofre virada do Red Bull "Amarildo”


No seu centésimo jogo na história da Copa São Paulo de futebol junior, uma derrota bastente doida no estádio Jayme Cintra. Neste domingo, de virada, o Galinho perdeu do Red Bull Brasil, que podeserchamado Red Bull “Amarildo” por 3 a 2 e praticamente diz adeus ao torneio. O centroavante Amarildo fez dois dos três gols da equipe que treina em Jarinu.

Foi a primeira vitória do Red Bull no grupo 20, o que deixa a equipe com chances de lutar por uma das duas vagas da chave na rodada final, na quarta-feira, quando encara o São José – de Porto Alegre às 14h, no Jayme Cintra. Praticamente eliminado (só terá chances se o time gaúcho ganhar os dois jogos que restam), o Paulista encara o Avaí, na quarta-feira, às 16h.

Sérgio Caetano iria promover duas mudanças. Saídas de Pedro e Quadrado e as entradas de Victor Emerson e Murilo. Mas teve que fazer a terceira, pois o goleiro Allan, sofreu uma luxação em um dos seus dedos e nos vestiários e teve que entrar Diogo no gol, para jogar a sua terceira partida em torneios da Federação Paulista. E o camisa 12 do Galo (nascido em Jundiaí) teve trabalho nos primeiros seis minutos ao fazer duas defesas em chutes do jundiaiense Lucas Nathan. O Red Bull continuou melhor até os 15 minutos. Depois o jogo ficou truncado, com boa disputa pela posse de bola no meio de campo, apesar do Touro ganhar a chamada segunda bola.

Mas mesmo não mostrando grande futebol, o Tricolor foi mais feliz aos 35 minutos. Em jogada de escanteio, Luizinel precisou se abaixar para marcar o seu primeiro gol com a camisa do Paulista em competições válidas pela Federação Paulista.  Nos 10 minutos finais, o Galinho teve mais posse de bola, em virtude de um Red Bull acuado.

Mas no segundo tempo, o Paulista entrou dormindo e pagou caro. E quem aproveitou foi o centroavante Amarildo. O primeiro gol, aos 7, na verdade foi de Carlos Eduardo, aproveitando rebote  da defesa do Tricolor, para fazer o empate. Aos 12 minutos, entre a zaga do Paulista na pequena área, o centroavante começou a brilhar, virando o jogo. E quatro minutos depois, Amarildo bem posicionado, de cabeça, fez o terceiro do Red Bull. Perdendo por dois gols, o Paulista ficou desesperado, não conseguia criar jogadas, se abateia com o resultado. 

Aos 43 minutos, em cruzamento de Vinicius Fleck, Braian Machado cometeu pênalti a favor do Paulista. Quadrado converteu a cobrança e diminuiu para 3 a 2. No último lance, Evandro chutou a bola e bateu no travessão. Mas no apito final conheceu a sua segunda derrota na história da Copinha.

Paulista 2 x 3 Red Bull Brasil
Paulista (4-2-3-1): Allan; Victor Emerson, Evandro, Zulu e Daniel; Falcão e Adame; Vinicius Fleck, Murilo e Gil; Luizinel. Técnico: Sérgio Caetano. Entraram: João Pedro, Fabrício, Pedro e Quadrado.

Red Bull Brasil (3-4-3): Jordan; Áquila, Gazal e Caique; Urias, Nathan, Carlos Eduardo e João Victor; Danilo, Amarildo e Lucas Nathan. Técnico: Gustavo Almeida. Entraram: Theo, Bocchio, Vitor, Braian Machado e Carlos Eduardo.

Gol: Luizinel, aos 35min 1ºT (1-0); Carlos Eduardo, aos 7min do 2ºT (1-1), Amarildo, aos 12min (1-2) e 16min do 2ºT (1-3); Quadrado, aos 44min 2º T (2-3)
Cartão vermelho: Lucas
Árbitro: Jefferson Dutra Girotto