Rafael Porcari: Analise sobre a arbitragem da 2ª rodada da Copa SP – Paulista e Red Bull - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Rafael Porcari: Analise sobre a arbitragem da 2ª rodada da Copa SP – Paulista e Red Bull

06/01/2018

Rafael Porcari: Analise sobre a arbitragem da 2ª rodada da Copa SP – Paulista e Red Bull


Jefferson Dutra Girotto, natural de Hortolândia, 31 anos, empresário, 9 anos de carreira, será o árbitro do confronto entre o “Galo x Toro Loko”. Girotto esteve na quarta-feira na partida entre Capivariano 0x3 River e estará na 4a feira no jogo entre Confiança (SE) x São Raimundo (RR). Tem pouquíssimos jogos como árbitro principal na carreira (entre eles, no ano passado: Monte Azul 2×0 Paulista pela A3). Porém, tem uma sequência muito grande de trabalho nas categorias sub 17 e sub 20. Não o conheço, pois estará debutando em um jogo com maior visibilidade.

A Copa São Paulo se destina a árbitros como Girotto: gente jovem, subindo gradativamente na carreira e buscando seu espaço. Torcerei para que faça um bom trabalho no Jayme Cintra neste jogo que, além de importante para ambas equipes, é para a arbitragem.

Seus assistentes serão Bruno Bonani Munhoz e Thales José Pinheiro. E aí uma surpresa: o quarto árbitro será Luiz Carlos Ramos Júnior, experiente juiz com 15 anos de carreira, 40 de idade e que já apitou série A1. Ele também estará na partida de fundo como árbitro central.

A pergunta é: para que tal escala a Luiz Carlos? É ruim para a estima do árbitro rodado ser “queimado” dessa forma. Tenho certeza que Luiz estará em campo de maneira dedicada, pois é humilde e gosta do que faz. Mas acaba tirando espaço de jovens talentos.