Com parcerias, Floresta pode ter futebol e vôlei profissional para temporada 2018 - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Com parcerias, Floresta pode ter futebol e vôlei profissional para temporada 2018

06/02/2018

Com parcerias, Floresta pode ter futebol e vôlei profissional para temporada 2018



O Floresta, após ter perdido sua sede na região da Vila Rami, em um leilão no ano passado, está se estruturando. O clube, que completa 60 anos, em 28 de fevereiro, poderá ganhar um super-presente: um time para em 2018 disputar a Liga Nacional de futebol profissional (a Liga da Gislaine Nunes) e uma equipe de vôlei masculino para jogar a Divisão Especial ou a 1ª divisão do Campeonato Estadual da Federação Paulista.

Segundo apuração feita pela reportagem do Esporte Jundiaí, diretores do Floresta, tem apoio de investidores para financiar os dois projetos. O Floresta praticamente fechou parcerias com um clube da capital e um clube de Jundiaí – onde mandaria suas partidas de futebol e vôlei. O clube não mandaria seus jogos de futebol no estádio Jayme Cintra, e em nenhum ginásio administrado pela Prefeitura de Jundiaí, pois deseja que o projeto sobreviva apenas com ajuda do Floresta, dos investidores e clubes parceiros. O projeto é para que em 2019, o clube disputa a 4ª divisão do Campeonato Paulista de futebol profissional (a mesma competição que o Paulista disputará em 2018).

O Floresta no ano passado, em virtude de uma dívida judicial, a área que tinha na Vila Rami foi penhorada e foi a leilão. Com o dinheiro arrecadado, o clube pagou as suas dívidas e com o que sobrou está desejando fazer destes dois projetos, para manter o nome do Floresta vivo. A expectativas de diretores do clube, é que a apresentação seja entre o final de fevereiro, início de março.