Paulista e Red Bull são premiados pela FPF por cumprirem metas do Programa de Excelência - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Paulista e Red Bull são premiados pela FPF por cumprirem metas do Programa de Excelência

08/02/2018

Paulista e Red Bull são premiados pela FPF por cumprirem metas do Programa de Excelência

Presidente Pepe Verdugo recebeu a premiação do Paulista
O Paulista foi um dos 29 clubes filiados a Federação Paulista de Futebol a serem premiados nesta quinta-feira carnavalesca com uma das associações a terem cumprido o Programa de Excelência da entidade, que avalia os clubes paulistas ao longo da temporada em dez quesitos na temporada 2017. O Paulista foi um dos premiados com Troféu de Bronze, sendo o único da atual 4ª divisão a receber o prêmio. O Red Bull Brasil, que treina em Jarinu, recebeu o Troféu de Ouro.

O Programa de Excelência avalia os clubes paulistas ao longo da temporada em dez quesitos: avaliados: base, torcida, estádio/infraestrutura, negócios, atleta e comissão técnica, desempenho técnico, futebol feminino, recursos humanos, filiação e gestão e finanças. Na ocasião, também foi lançada a versão 2018 do programa.

CEO do Red Bull Brasil, Thiago Scuro, recebendo Troféu de Ouro
Junto com o Tricolor Jundiaiense foram premiados com Troféu de Bronze, outras oito equipes: Bragantino, Penapolense, Rio Claro, São Bento e Votuporanguense. Com Troféu de Prata, receberam nove associações: Água Santa, Audax, Capivariano, Ferroviária, Linense, Rio Branco, Santo André, São Bernardo e Taubaté.

O Troféu de Ouro foi recebido, além pelo Touro, pelos quatro grandes – Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos, e outros sete clubes – Botafogo de Ribeirão, Ituano, Juventus, Mirassol, Grêmio Novorizontino, Ponte Preta, Santos, São Caetano, São Paulo, Sertãozinho e XV de Piracicaba. Receberam os certificados de participação Barretos, Batatais, Marília e Portuguesa. Na primeira edição do programa, em 2016, nenhum clube atingiu a categoria Ouro.

No segundo ano do projeto, também houve um avanço considerável na premiação em dinheiro. Em 2016, foram R$ 330 mil distribuídos aos clubes, valor que subiu para R$ 1,6 milhão na temporada 2017 - crescimento de 384%. Mas a Federação não divulgou quanto cada clube recebeu.

Fotos: Divulgação - Rodrigo Corsi / FPF