Thiago Batista: Premier League tem 10 brigando pela queda e não detonamos... - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Thiago Batista: Premier League tem 10 brigando pela queda e não detonamos...

04/02/2018

Thiago Batista: Premier League tem 10 brigando pela queda e não detonamos...


Ano passado, em certa altura o Campeonato Brasileiro tinha como diferença do 9º colocado para o 17º, último clube da zona de rebaixamento (zona de descenso sempre é do último para cima e não do topo para baixo, bom se dizer) era de apenas três pontos. Na 26ª rodada, o Vasco da Gama, 10º
 colocado, tinha 33 pontos, 3 pontos a mais que o 17º, último da zona de rebaixamento, o Sport, que tinha 30.

Pegando a classificação atual da Premier League, o que observamos: que a diferença do 11º colocado, o Watford para o Stoke City, 18º e último clube da zona de rebaixamento, é de quatro pontos. Watford (ok, tem um jogo a menos neste momento, mas encara o Chelsea, nesta segunda-feira) tem 27 pontos e o Stoke tem 24. O 12º, o West Ham, tem 27 pontos também. Ou seja, como no Brasileirão do ano passado, há muita gente brigando pelo rebaixamento. Dez times no mínimo.

O que quero discutir é o seguinte: no ano passado a gente discutia a qualidade do Campeonato Brasileiro, por ter muita gente disputando a zona de rebaixamento. E o Campeonato Inglês, não podemos questionar a qualidade dos clubes que estão do 11º lugar para baixo: pode-se sim. São times que não estão agregando muito a competição, com jogos fracos entre eles, e não sendo páreo para os chamados grandes times.

O Campeonato Francês, que agora virou um supercampeonato para muitos, também é discutível o nível de muitas equipes: do 11º, Saint-Étiene, para o 18º, Lille, último clube da zona de rebaixamento, a diferença atualmente é de 4 pontos. Mas não questionamos. Mas no Brasileirão, a gente fala mal, esperneia, xinga, e etc.... e nunca elogiamos (inclusive eu, confesso).

Acho que devemos é reclamar da qualidade do futebol no mundo. Grandes equipes mesmo estão entre 8 e 10 no mundo todo. O resto tem nível que a gente pode questionar. Em algumas posições a carência de bons jogadores é gritante. Vamos citar 5 grandes laterais-direitos no mundo? Irá pensar no mínimo uns 5 minutos para responder. E na lista estará o Daniel Alves, e se bobear você irá colocar o Danilo, do Manchester City, por falta de bons nomes.

A qualidade do futebol caiu de mais. A gente fala muito de tática (e adoro tática), mas muito mesmo, mas não vemos qualidade nos jogos. Algo precisa ser feito urgente, ou será cada vez mais real, vemos 10 times brigando pelo rebaixamento após 26 jogos, e apenas um clube brigando pelo título nos campeonatos nacionais.