#4ªDivisão: Paulista teve o maior prejuízo entre os públicos divulgados da primeira rodada - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #4ªDivisão: Paulista teve o maior prejuízo entre os públicos divulgados da primeira rodada

10/04/2018

#4ªDivisão: Paulista teve o maior prejuízo entre os públicos divulgados da primeira rodada



Dos 19 jogos realizados na 1ª rodada da 4ª divisão do Campeonato Paulista, apenas 13 tiveram seus borderôs divulgados até o final desta segunda-feira no site da Federação Paulista de Futebol. E entre os divulgados o Paulista conquistou com larga folga um título: o de maior prejuízo para abrir o seu estádio para a realização de um jogo. O confronto Paulista 0 x 0 Amparo registrou o de pior renda líquida entre os 13 jogos divulgados. O Galo teve prejuízo exato de R$ 1.597,86, ou seja, o Tricolor pagou para jogar.

Além do confronto Paulista 0 x 0 Amparo, apenas três dos jogos terminaram com renda líquida negativa: Flamengo de Guarulhos 3 x 0 Atlético Mogi teve renda líquida negativa de R$ 817,00, Catanduva 1 x 0 Fernandópolis teve renda líquida negativa de R$ 376,28, e União de Mogi 0 x 1 Joseense teve renda líquida negativa de R$ 678,95. A maior renda líquida coube para o confronto XV de Jaú 1 x 3 Comercial de Ribeirão, que rendeu para os cofres da equipe de Jaú os valores de R$ 23.654,80.

Gasto com policiamento
Dos 13 jogos que tiveram seu borderô divulgados, o jogo Paulista 0 x 0 Amparo teve também o de maior gasto com policiamento. Foram R$ 6.939,00. A diferença do confronto que o Paulista fez em casa para o segundo que mais gastou com policiamento foi gigante - Andradina 4 x 0 Assisense, que teve gasto de R$ 1.927,50. Dos 13 jogos divulgados, quatro no borderô não foram informados gastos com policiamento - Mauaense 2 x 2 Desportiva Guarujá, São José 1 x 0 Guarulhos, Francana 2 x 0 Brasilis e Elosport 2 x 1 Jabaquara.

Jaú registrou maior público
Jaú registrou também a melhor presença de público da 1ª rodada. Foram 1.758 torcedores para o estádio Zezinho Magalhaes. Entre os 13 jogos divulgados, o confronto do Galo teve a 5ª melhor presença de público - 577 torcedores. A pior presença de público foi do jogo Jaguariúna 0 x 0 Sãocarlense, que foi visto por 101 testemunhas - mas o jogo ainda sim rendeu aos cofres da equipe de Jaguariúna a renda líquida positiva de R$ 40,18.

Os borderôs de cada partida
Mauaense 2 x 2 Desportiva Guarujá - 445 pagantes / Renda de bruta: R$ 4.530,00 / Gasto com polícia: R$ 0,00 / Gasto com jogo: R$ 234,96 / Renda líquida: R$ 4.295,04

Flamengo de Guarulhos 3 x 0 Atlético Mogi - 188 pagantes / Renda de bruta: R$ 1.380,00 / Gasto com polícia: R$ 1.387,80 / Gasto com jogo: R$ 2.197,00 / Renda líquida: -R$ 817,00

Grêmio Prudente 1 x 5 Osvaldo Cruz - 386 pagantes / Renda de bruta: R$ 2.275,00 / Gasto com polícia: R$ 1.156,50 / Gasto com jogo: R$ 1.747,58 / Renda líquida: R$ 527,42

Andradina 4 x 0 Assisense - 462 pagantes / Renda de bruta: R$ 8.728,00 / Gasto com polícia: R$ 1.927,50 / Gasto com jogo: R$ 3.922,68 / Renda líquida: R$ 4.805,32

Catanduva 1 x 0 Fernandópolis - 322 pagantes / Renda de bruta: R$ 3.877,50 / Gasto com polícia: R$ 1.387,80 / Gasto com jogo: R$ 4.253,78 / Renda líquida: -R$ 376,28

São José 1 x 0 Guarulhos - 1037 pagantes / Renda de bruta: R$ 12.400,00 / Gasto com polícia: R$ 0,00 / Gasto com jogo: R$ 5.970,90 / Renda líquida: R$ 6.429,10

Vocem 3 x 0 Talentos de Marília - 616 pagantes / Renda de bruta: R$ 7.020,00 / Gasto com polícia: R$ 693,90 / Gasto com jogo: R$ 1.656,60 / Renda líquida: R$ 5.363,40

Francana 2 x 0 Brasilis - 1647 pagantes / Renda de bruta: R$ 19.104,00 / Gasto com polícia: R$ 0,00 / Gasto com jogo: R$ 4.036,49 / Renda líquida: R$ 15.067,51

XV Jaú 1 x 3 Comercial de Ribeirão - 1758 pagantes / Renda de bruta: R$ 29.180,00 / Gasto com polícia: R$ 1.387,80 / Gasto com jogo: R$ 5.525,20 / Renda líquida: R$ 23.654,80

Jaguariúna 0 x 0 Sãocarlense - 101 pagantes / Renda de bruta: R$ 910,00 / Gasto com polícia: R$ 308,40 / Gasto com jogo: R$ 869,82 / Renda líquida: R$ 40,18

Paulista 0 x 0 Amparo - 577 pagantes / Renda de bruta: R$ 8.480,00 / Gasto com polícia: R$ 6.939,00 / Gasto com jogo: R$ 10.077,86 / Renda líquida: -R$ 1.597,86

União de Mogi 0 x 1 Joseense - 155 pagantes / Renda de bruta: R$ 2.120,00 / Gasto com polícia: R$ 420,00 / Gasto com jogo: R$ 2.798,95 / Renda líquida: -R$ 678,95

Elosport 2 x 1 Jabaquara - 182 pagantes / Renda de bruta: R$ 1.605,00 / Gasto com polícia: R$ 0,00 / Gasto com jogo: R$ 1.521,29 / Renda líquida: R$ 83,71

Itararé 1 x 1 Primavera - 450 pagantes / Renda de bruta: R$ 6.150,00 / Gasto com polícia: R$ 300,00 / Gasto com jogo: R$ 1.916,05 / Renda líquida: R$ 4.233,95

Jogos que não tiveram seus borderôs divulgados até 23h59 desta segunda-feira (9/abr)
América de Rio Preto 3 x 2 Catanduvense
Independente 0 x 3 Itapirense
Tupã 0 x 0 Santacruzense
José Bonifácio 2 x 0 Inter Bebedouro
Taquaritinga 0 x 0 Bandeirante
Barcelona de Capela 0 x 0 MFTEE

O que diz Estatuto do Torcedor sobre divulgação borderôs dos jogos
A Federação Paulista ao não divulgar os borderôs dos 19 jogos da 1ª rodada da 4ª divisão, disputados no último final de semana, está desrespeitando o Estatuto do Torcedor. Diz o Art. 5o do Capítulo II - Da Transparência na Organização - do Estatuto do Torcedor: "São asseguradas ao torcedor a publicidade e transparência na organização das competições administradas pelas entidades de administração do desporto, bem como pelas ligas de que trata o art. 20 da Lei no 9.615, de 24 de março de 1998". E vai além do parágrafo IV "os borderôs completos das partidas; (Incluído pela Lei nº 12.299, de 2010)".