#4ªDivisão - Sérgio Caetano, após empate na estreia: “Faltou o gol. Fomos organizados” - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #4ªDivisão - Sérgio Caetano, após empate na estreia: “Faltou o gol. Fomos organizados”

09/04/2018

#4ªDivisão - Sérgio Caetano, após empate na estreia: “Faltou o gol. Fomos organizados”



Após o empate por 0 a 0 com o Amparo, em casa, pela 1ª rodada da 4ª divisão do Campeonato Paulista, o treinador Sérgio Caetano, disse que faltou apenas a sua equipe balançar as redes adversárias para conquistar os três pontos. Ele gostou da postura da sua equipe no gramado, e que espera que o Galo jogue da mesma maneira, impondo o jogo também nas partidas fora de casa, caso do próximo sábado, quando enfrenta o Joseense, às 10h.

O que faltou
“Faltou o gol. Para quem assistiu ao jogo, não é desrespeito o adversário, tivemos volume de jogo, mas não fomos felizes nas finalizações. Fomos organizados. E o mais importante é que a gente entrou na competição, tudo atrapalha, especialmente a ansiedade por ser uma equipe jovem. Não é desculpa, mas já passou. A gente queria a vitória e temos que aceitar o empate.

Peso da estreia
Tenho certeza porque é determinante que você tem um tempo qualificado para trabalhar e foi e a gente buscando quebrar o gelo da estreia. E a camisa é pesada. O comportamento foi muito positivo. A gente queria ter a vitória e vamos buscar na próxima

Parte tática
“Nesse comportamento de ficar inferior por causa da posse de bola, especialmente próximo do gol faltou a aproximação. Quem tinha mais liberdade era o Quadrado. Carlinhos é segundo volante, quando a gente tem posse de bola e vira meia. Mas são coisas a serem corrigidas. Mas não faltou pegada e disposição”

Muda postura fora de casa?
“Não temos que mudar. Não é falta de respeito ao adversário, mas a gente tem uma filosofia seja dentro ou fora de casa. Cabe quem estiver participando ser mais feliz na finalização”

Reforços
“Leo que chegou e se apresentou e deve estar a disposição e deve jogar. Tem o França zagueiro e devem chegar entre segunda e terça-feira mais dois atacantes. Mas a competição é longa, mas não podemos crucificar ninguém”