#BoxeEmJundiaí - Popó espera grandes lutas no card principal deste sábado no Bolão - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #BoxeEmJundiaí - Popó espera grandes lutas no card principal deste sábado no Bolão

06/04/2018

#BoxeEmJundiaí - Popó espera grandes lutas no card principal deste sábado no Bolão



O grande campeão do boxe brasileiro, Acelino Popó Freitas, esteve nesta sexta-feira, em Jundiaí acompanhando a pesagem oficial dos lutadores para a Noite de Boxe, neste sábado, no Bolão. Ele comentou sobre as duas lutas principais do evento - chamado de card principal - a luta valendo o título brasileiro do pena feminino entre Táynna Cardoso e Simone Duarte, e do título latino-americano da Organização Mundial de Boxe na categoria supermeio-médio masculino entre Patrick Teixeira e Davi “El Loco’. “A luta entre Davi e Patrick é uma luta muito difícil, enquanto o combate entre a Taynna e Simone tem a juventude e vigor físico da Taynna e a experiência da Simone. São duas lutas bastante duras. ”, comentou Popó.


Fator casa
Na luta entre Taýnna Cardoso e Simone Duarte, haverá uma lutadora da casa - Táynna Cardoso no ringue. Mas para Popó na hora do combate o fator torcida não entra. “A torcida vai em que estiver batendo. Torcedor irá apoiar quem bater mais”, contou o supercampeão mundial de boxe, honraria conquistada após dez defesas de cinturão. Ele, que será candidato a deputado federal nas eleições gerais de 2018, pelo estado da Bahia, sempre que possível está acompanhando as lutas.

“O boxe não sai da gente. Estamos sempre acompanhando”. Sobre o evento em Jundiaí foi apenas elogios. “Quando é bem organizado, com fiscalização boa é sempre muito bom. As lutas estão muito bem organizadas e o evento organizado pelo Linos (Barros) dá mais credibilidade”, disse Acelino Popó Freitas, que em 2016 comentou as lutas da Olímpiada Rio-2016 no SporTV. “Como comentarista é fácil falar dos outros, de você é mais difícil”, brincou sobre a experiência.


Comentarista do SporTV gostou do card principal
O comentarista do SporTV, Daniel Fucs, esteve em Jundiaí acompanhando a pesagem nesta sexta-feira e estará acompanhando os combates neste sábado. Ele gostou muito do card principal. “O combate entre Patrick Teixeira e Davi El Loco é uma das lutas mais bem casadas que temos visto no Brasil nos últimos tempos. Ele une estilos diferentes. O Davi tem um estilo mais aguerrido, enquanto o Patrick é técnico. E lutas com estilos diferentes são sempre muito boas”, contou. “A Simone é uma boxeadora de qualidade, e é uma das melhores boxeadoras do Brasil. Se ela tivesse tido um empresário mais dedicado a ela, teria decolado na carreira. A Táynna está a dois anos no boxe profissional, mas quando era amadora merecia ter tido chances na seleção brasileira”.

Para Fucs, eventos em Jundiaí deverão ser rotina no interior do Brasil. “O boxe tem grandes talentos no interior e as lutas deveriam acontecer no interior do Brasil e não se concentrar apenas nas capitais”, disse. Para ele, é um erro o Governo do estado de São Paulo não colocar o boxe como modalidade integrantes dos Jogos Regionais, e sim apenas dos Jogos Abertos.