#MudaEmJarinu- Red Bull Brasil anuncia saída de diretor esportivo. Ele deverá voltar ao Santos - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #MudaEmJarinu- Red Bull Brasil anuncia saída de diretor esportivo. Ele deverá voltar ao Santos

20/04/2018

#MudaEmJarinu- Red Bull Brasil anuncia saída de diretor esportivo. Ele deverá voltar ao Santos



O Red Bull Brasil informou nas redes sociais nesta sexta-feira, que Sérgio Dimas não é mais diretor esportivo do clube. Não foi anunciado pelo clube, que treina em Jarinu (mas profissionalmente sequer joga no Aglomerado Urbano de Jundiaí) quem irá substituir o profissional na função. Ele deverá retornar ao Santos. O próprio perfil do Red Bull no Facebook brincou escrevendo que recomenda ao profissional o uso de “filtro solar na hora de pegar uma praia”.

Sérgio Dimas trabalhou no Santos, onde ocupou o cargo de gerente de futebol entre o inicio de 2014 e janeiro do ano passado. Quando foi anunciada a saída de Dimas, no início do ano passado, o elenco e a comissão técnica do Peixe se juntaram para uma greve de silêncio. Dorival Júnior acatou a decisão. A demissão teve explicação técnica e política, embora membros da gestão anterior nunca tenham se pronunciado publicamente sobre o caso. Caso Dimas acerte sua ida ao Peixe, ele lidará com questões mais burocráticas e de logística, enquanto William Machado, atual gerente de futebol, se atentará às necessidades do elenco, no CT Rei Pelé.     

No Red Bull
Sérgio Dimas chegou ao Red Bull em abril do ano passado. Ele fez parte do planejamento da equipe para disputa da Série D do Brasileirão de 2017 - não passou da primeira fase e da 1ª divisão do Paulistão deste ano - onde o clube não conquistou vaga nas quartas de final do Estadual e nem mesmo vaga na Série D do Brasileirão de 2019.

A carreira
Sérgio Dimas não jogou futebol. foi preparador de goleiros e preparador físico do Audax-SP, onde também trabalhou como auxiliar de preparação física do time profissional. Em 2009, passou para o lado administrativo e atuou como coordenador técnico dos times profissionais do Audax, tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro, e depois trabalhou por Santos e agora pelo Red Bull.

Foto: Divulgação - Red Bull Brasil