11/11/09 - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: 11/11/09

11/11/2009

Shiroma ganha 15 medalhas no Torneio Circuito das Frutas

Fonte: Jornal de Jundiaí

A Associação Shiroma conquistou 15 medalhas durante a disputa do Torneio Circuito das Frutas, que foi realizado no último sábado, em Valinhos.
Os resultados foram: 1º Colocado - Heitor Ângelo; 2º colocados - Danilo Sobral, Renam Dias, Marcelo Angelo, Danilo Mauro, Jean Grosseli; e 3º colocados - Vitor Augusto, Marcelo Filho, Lucas Baia, Leonardo Zampoli, Christian Gomes, Daniel Sobral, Amanda Dias , Gustavo Ângelo e Luiz Eduardo Berro.
Leia Mais ►

Tem rodada de handebol nesta quarta

Fechando sua participação na 6ª Copa Ouro de Handebol feminino, as meninas do HPS/Jundiaí, recebem nesta quarta feira no Ginásio Anexo do Bolão a Associação Campineira de Handebol, às 17h30.
A rodada se completa com outros dois jogos: ás 16 h tem o Rio Branco/Americana enfrentando o São Caetano e às 19 horas tem Santo André e Estrela Guarulhos.
O HPS/Jundiaí, ocupa a 6ª colocação no certame, em oito jogos, três vitórias e cinco derrotas.
"Temos um objetivo de fechar a competição com a vitória, traçamos metas, vencer quem poderíamos vencer e fazer resultados bons diante das grandes equipes, e é isso que vamos buscar, estamos num momento de decisões, e temos que saber priorizar algumas ações", disse a treinadora Rita Orsi.
Leia Mais ►

HPS/JHC tem duas atletas convocadas

Duas atletas da categoria juvenil do HPS/Jundiaí integram a seleção brasileira juvenil, e foram convocadas para o Torneio Internacional da Itália, no período de 14 a 22 de novembro, Patricia Batista Da SilvaeE Juliane Marina Garcia.
Elas e mais 14 atletas, se preparam para os Jogos Olímpicos da Juventude, que acontecerá em Singapura em agosto de 2010. O JHC tem os parceiros - Prefeitura de Jundiaí, Hospital Paulo Sacramento, Construtora Guarany, Wizard, Passarela, Coife e Tropicana Sucos.
Leia Mais ►

Final do Amador: Informações dos clubes

União da Vila
O time da Vila Rio Branco deverá manter a mesma base da equipe que empatou o primeiro duelo da final. Para o segundo decisivo neste domingo no Dal Santo ás 10h15. O único desfalque será o atacante Leandro, expulso na primeira partida. Seu substituto podera ser João Paulo,ex-atleta profissional. Mas podem aparecer no ataque Julião ou André. Podem começar a partida no domingo, caso sejam escalados pelo treinador Rodrigo Alves o seguinte time: Adriano, Zé Carlos, Orlando, Luizinho e Biro; Alexandre Silva, Alex, Paulinho Kobayashi e Trepinha; Marcelo e João Paulo (André ou Julião).

Grêmio Vila Marlene
O Grêmio não terá Baden no segundo jogo da final, com Caio entrando no seu lugar. Nas demais posições o time deverá ser o mesmo da primeira partida. Carioca, técnico do Vila Marlene poderá mandar o seguinte time: Biano; Renilson, Baden, Rafael e Felipe; Marquinhos, Éder, Amarildo e Dinho; Diego Fernandes e Chulinha.
Leia Mais ►

Como foi o Amador 2007

O Campeonato Amador de 2007 teve dezesseis equipes participando e se enfrentando todos contra todos na primeira fase.
Os oito melhores avançaram para a segunda fase e os dois piores seriam rebaixados. Mas muitas brigas marcaram a primeira fase da competição.
Antes do fim da fase de classificação Balsan e Treze abandonaram a competição. Passaram para a segunda fase Palmeiras, Estrela da Ponte, Jahmarley, Ivoturucaia, União da Vila, Vila Esperança, Vila Comercial e Estreal Fut-Rap.
Mas na primeira rodada, o Vila Esperança armou uma confusão no Romão chegando a alguns jogadores brigar com o árbitro e o time foi eliminado. Passaram para as semifinais Palmeiras, Estrela, União e Ivoturucaia.
Nas semis, o Palmeiras eliminou o Estrela (2 a 1 e 1 a 0) e o União da Vila passou pelo Ivoturucaia (2 a 0 e 3 a 1). Na decisão o primeiro jogo terminou sem gols e a segunda partida o Palmeiras venceu por 2 a 1 e ficou com o título no Romão de Souza.
O time campeão no dia 9 de dezembro teve os seguintes atletas escalados por Eduardo Picolo: Cipó, Danilo, Rafael, Rodrigo, Marquinhos, Maicon, Marquinho, Erick, Diego Fernandes, Marquinhos Luchini, Ricardinho, Xande, Baden, Robson, Everaldo, Zé Luís, Cléber e Neto.
Leia Mais ►

Galo poderá ter vantagem na decisão da Copa Paulista

O Paulista poderá ter o direito de jogar a segunda partida da final da Copa Paulista no seu estádio, o Jayme Cintra caso passe pelo Botafogo de Ribeirão Preto nas semifinais.
Com 41 pontos até o momento o Galo tem a mesma pontuação que o Votoraty que tem uma vitória a mais que o Tricolor. O Paulista venceu 12 partidas contra 11 do clube de Votorantim.
Para ter a vantagem de jogar a segunda da partida da final em casa e ainda jogar por dois empates, o Galo caso enfrente o Votoraty na decisão precisa somar um ponto a mais que o Votoraty nesta semifinal, já que os pontos são somados. Se o adversário for o Mogi Mirim o Tricolor terá vantagem de jogar a decisão em casa e podendo jogar por dois empates.
Leia Mais ►

Sub 9 da Liga Jundiaiense fica com o vice do Troféu Piratininga

A equipe sub 9 da Liga Jundiaiense de futsal ficou com o vice campeonato do Troféu Piratininga,que teve o quadrangular final disputado no último final de semana em Bauru.
O time jundiaiense no sábado perdeu para o Santos por 4 a 3, mas venceu Baururense por 4 a 2 e derrotou no domingo a Liga Catanduvense por 8 a 0. O time foi comandado por Maia do Nacional da Vila Arens.
Leia Mais ►

Em quadra um belo jogo de futsal no ginásio do São João pelo adulto por 20 minutos

Dentro de quadra onde aconteceram vinte minutos, São João/Palmeiras e São Caetano/Corinthians ficaram no empate por 3 a 3 no intervalo quando a partida ficou interrompida por causa da confusão entre as algumas pessoas de torcidas organizadas.
O duelo começou com Ferrugem abrindo o placar para o Corinthians por 1 a 0. Zequinha empatou para o time jundiaiense aos 5. Paulinho Japonês fez 2 a 1 para o Timão na metade da etapa inicial. Logo em seguida Jeh deixou tudo igual. Rafinha aos 14 minutos marcou o terceiro para o time de Parque São Jorge. Mas a 38 segundos do intervalo, Fábio pega bola no meio da quadra e percebe o goleiro Leandro adiantado e marca um belo gol para o São joão/Palmeiras. E depois de forma triste o duelo teve que ser suspenso devido as pessoas que somente vão para o ginásio e estádios para brigar.
Algumas pessoas vieram para arrumar confusão e acabaram com lazer de muitos e com um belo jogo de futsal em Jundiaí
Leia Mais ►

Sub 20 do São João sofre goleada no fim da partida

A categoria sub 20 do São João/Palmeiras perdeu para o São Caetano/Corinthians por 5 a 1 nesta terça-feira no ginásio do São João. Mas o duelo somente virou goleada no minuto final. O resultado deixou o alvinegro em primeiro no grupo B e o Verdão em segundo na chave.
Douglinhas abriu o placar aos 7 minutos de jogo para o Timão. Kayoá empatou para o alviverde aos 12. Mas no segundo tempo Douglinhas acabou com o jogo. Ele marcous dois gols aos 11 e 19 minutos do segundo tempo. O camisa 19 ainda no minuto final passou a bola para Fabricio marcar faltando sete segundos.
Leia Mais ►

O que ninguém gostaria que acontecesse, ocorreu em Jundiaí

Pessoas sem paixão nenhuma pelo esporte conseguiram acabar com um belo lazer de muitos torcedores e com a bela partida entre São João/Palmeiras e São Caetano/Corinthians nesta terça-feira no Ginásio do Clube São João. Cenas desagradáveis foram visitas com mesas e cadeiras sendo jogadas por alguns integrantes das torcidas organizadas.
A confusão começou com a chega de torcedores das Gaviões da Fiel, sem uniforme no ginásio e provocaram os palmeirenses, que não gostaram e partiram para cima e confusão começou.
A briga aconteceu durante o intervalo, com jogadores e comissão técnica dos dois times e a arbitragem estavam recolhidos nos vestiários. Após a briga ser contida pela Guarda Municipal de Jundiaí e pela Polícia Militar, o delegado do jogo e vice-presidente da Federação Paulista de Futebol de Salão, Gilberto Rodrigues, tomou para si a responsabilidade de suspender a partida.
“Conversando com a equipe de arbitragem e integrantes, como a anotadora Márcia Mariko que não está passando bem, não vamos continuar a partida”, disse Gilberto em entrevista a ESPN Brasil. “Vou ver amanhã com a Federação Paulista e com os policiais como vamos continuar essa partida e avisaremos a imprensa”, concluiu. O vice-presidente nem mesmo com a informação do comando da Polícia Militar que tudo estava sob controle, manteve a suspensão.Segundo Carlos Henrique Siebert, coordenador geral do São João/Palmeiras disse que todas as providências pelo clube foram tomadas. Segundo ele cada clube tinha doze seguranças particulares, havia também trinta guardas municipais além do comando da Polícia Militar. Siebert falou que havia um acordo entre as diretorias dos clubes que apenas a torcida da casa poderia estar presente no ginásio, quando acontecesse o clássico.
Leia Mais ►

Em 2008, o mesmo fato em São Bernardo do Campo

Em fato muito parecido, no ano passado as torcidas de Palmeiras e Corinthians interrompeu a decisão do Troféu Cidade de São Paulo de Futsal, realizada ginásio poliesportivo de São Bernardo do Campo (SP). Na época os dois clubes não tinham parcerias ainda com São João e São Caetano Futsal respectivamente. Segundo policiais militares, aproximadamente dez pessoas ficaram feridas, sem maior gravidade.
Membros de torcidas uniformizadas iniciaram as provocações antes mesmo do início da partida. Logo após o início do segundo tempo, com o placar em 1 a 1 (Dengue para o Corinthians, e Ligeiro para o Palmeiras), o conflito se agravou, com alvinegros tentando invadir o espaço destinado aos adversários, que reagiram às provocações. Aficionados dos dois clubes passaram a se agredir com socos e pedradas. Houve invasão da quadra, e torcedores arrancaram cadeiras dos bancos de reservas e atiraram em direção aos rivais, causando destruição no local.
Policiais militares tiveram muita dificuldade para controlar os brigões e apelaram para gás de pimenta, causando desconforto a todos que estavam no ginásio.
O vice-presidente da Federação Paulista de Futsal, Gilberto Rodrigues, suspendeu a partida diante da falta de condições de segurança. “É lamentável o que aconteceu, estamos transtornados, porque trabalhamos para oferecer um espetáculo, e o vandalismo tomou conta do local. O futsal não merece isso”, afirmou.
O duelo foi suspenso e jogado dias depois com portões fechados no Ginásio da Federação Paulista, com o time corintiano vencendo o duelo por 1 a 0, na prorrogação e ficando com o título.
Leia Mais ►

Tabelas


Temas