29/09/2010

Brasil perde da República Tcheca e pode igualar pior mundial de basquete feminino da história

Damiris (centro), dá força as suas
companheiras antes da partida
desta quarta na República Tcheca
Foto: Site da FIBA / Site do Mundial
Com informações
do site do UOL Esporte

O que o Brasil parecia tentar desde o início do Campeonato Mundial da República Tcheca finalmente se concretizou nesta quarta-feira. A seleção brasileira comandada pelo espanhol Carlos Colinas foi eliminada da competição, confirmou a pior campanha verde-amarela desde 1990 e ainda corre o risco de igualar o pior Mundial da história do basquete feminino nacional. Na segunda fase o Brasil terminou em quinto lugar no grupo D com duas vitórias e quatro derrotas. (Os quatro primeiros foram: Espanha, Rússia, República Tcheca e Coreia do Sul).

A atleta do Divino/COC/Jundiaí, Damirs Amaral, começou a partida como titular, jogando 23 minutos e tendo um desempenho ruim, comparando com as primeiras rodadas: acertou apenas um dos sete arremessos de quadra, tendo 14,3% de aproveitamento, acertou os três lances livres que teve, anotando cinco pontos no total e pegando quatro rebotes (três defensivos e um ofensivo).

Com a derrota para as donas da casa da República Tcheca por 84 a 70, o Brasil terminou o grupo F em quinto lugar. Foi a primeira vez desde 1990 que a seleção feminina não chegou às quartas de final de um Mundial. Naquele torneio, disputado na Malásia, o Brasil tinha Hortência, cestinha da competição com média de 31,5 pontos, mas acabou em 10º lugar.

Agora, o time de Carlos Colinas vai para o torneio de consolação com uma missão: não repetir a edição de 1975. Na Colômbia, o Brasil vinha de seu melhor mundial até então, o 3º lugar do Mundial de São Paulo, em 1971. No entanto, a equipe, que tinha Laís Elena e Norminha, terminou em 12º lugar, à frente apenas do Senegal.
Brasil perde da República Tcheca e pode igualar pior mundial de basquete feminino da história Brasil perde da República Tcheca e pode igualar pior mundial de basquete feminino da história Reviewed by Thiago Batista de Olim on 15:46 Rating: 5