24/11/14 - Esporte Jundiaí Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 24, 2014

Rodrigo Alves: 3 títulos da Série A do Amador em 10 anos

Nos últimos dez anos, Rodrigo Alves pode ser considerado o “Rei do Amador”. Com a conquista neste domingo, como treinador do Grêmio Marlene, Rodrigo chegou a sua terceira conquista em dez anos do Campeonato Amador, sendo o técnico que mais vezes ganhou a Série A no período. Rodrigo nos 10 anos é o único também que conquistou mais de um título em clubes diferentes como treinador. Em 2004 ganhou pelo Cruzeiro. Em 2009 foi pelo União da Vila. Agora pelo clube da Vila Marlene. Eduardo Picolo no período ganhou três vezes o Amador, sendo que 2007 e 2008 como técnico do Palmeiras, e em 2010 como diretor de futebol do Grêmio Marlene, já que o time oficialmente era comandado por Carioca.

ANO – CLUBE CAMPEÃO – TREINADOR CAMPEÃO 2004 – CRUZEIRO – RODRIGO ALVES 2005 – ESTRELA – RUBINHO 2006 – ESTRELA – RUBINHO 2007 – PALMEIRAS – EDUARDO PICOLO 2008 – PALMEIRAS – EDUARDO PÍCOLO 2009 – UNIÃO DA VILA – RODRIGO ALVES 2010 – GRÊMIO MARLENE – CARIOCA 2011 – SHANGAI – SERGINHO BATISTA 2012 – JAMAICA – FALCÃO 2013…

Marlene, quinto clube com mais títulos na era Toninho da Liga

A final deste domingo entre Ponte Preta e Grêmio Marlene, foi a última da era Antônio de Oliveira em campeonatos da Série A do futebol amador de Jundiaí, a elite da cidade. E a conquista do Marlene, foi a segunda do clube na era “Toninho da Liga”, tornando o Marlene o quinto time com mais conquistas nestes 28 anos de administração de Antônio de Oliveira.  A era Antônio de Oliveira termina com 13 clubes diferentes conquistando a taça.
No final do mês de outubro, Antônio de Oliveira informou que não será candidato a presidente da Liga, na eleição que ocorrerá no dia 6 de dezembro. O pleito terá como candidatos Valter Galli, atual vice-presidente da Liga, e que tem apoio de Toninho; e Serginho Aguiar, diretor de esportes da Liga, mas atualmente candidato de oposição. O vencedor assume o cargo de presidente, em 31 de janeiro de 2015.


Thiago Batista – Site Esporte Jundiaí

Dados, tabus quebrados e estatísticas do Marlene campeão

Marlene é o primeiro a reverter resultado no agregado no século – Desde 2001, quando começou o século 21, nunca um time havia sido campeão, precisando reverter o placar no segundo jogo da final.
Primeiro colocado da 1ª fase quase sempre campeão nos últimos cinco anos – Nas últimas cinco edições, em quatro, o melhor time dos pontos corridos do Amador da 1ª divisão de Jundiaí (ou seja a 1ª fase) levantou o troféu. Em 2010, 2011, 2012 e agora 2014, o melhor da primeira fase bateu o campeão. A exceção foi no ano passado. A lista é a seguinte: 2010 - Marlene melhor da 1ª fase. Marlene campeão nos playoffs // 2011 - Shangai melhor da 1ª fase. Shangai campeão nos playoffs (e invicto) // 2012 - Jamaica melhor da 1ª fase. Jamaica campeão nos playoffs // 2013 - O ano da exceção - Estrela melhor da 1ª fase. Palmeiras campeão nos playoffs (foi o 7º na 1ª fase) // 2014 - Marlene melhor da 1ª fase. Marlene campeão nos playoffs
Prefeito presente na decisão - Desde 2009, o prefeito de Jundiaí não compa…

Bigardi parabeniza Grêmio Marlene pela conquista de 2014

Em um domingo em que o sol deu trégua e a chuva não veio, o prefeito Pedro Bigardi se juntou a animados torcedores da Agapeama e da Vila Marlene, além de apreciadores do futebol amador de toda a cidade, para ver de perto a grande festa da final do Campeonato Amador de Jundiaí. Cerca de 4 mil torcedores lotaram as arquibancadas e coloriram o centro esportivo francisco Dal Santo, na Vila Rami, palco da decisão.
“É um prazer estar aqui numa festa como essa. O Amador é a maior confraternização entre os bairros de Jundiaí e temos de valorizar e preservar isso”, disse o prefeito Pedro Bigardi. “Eu sou fã confesso do futebol amador. Desde garoto, sempre gostei de assistir aos jogos. Cheguei até a disputar um ano, não sei se já era Amador ou ainda o Varzeano, mas participei como atleta e achei legal demais.”
Opinião compartilhada pelo secretário de Esportes, Cristiano Lopes. “É uma integração interessante entre os bairros e tem uma história importante na cidade, que merece ser preservada. Se…

Toninho recebe homenagem pelos 28 anos de Liga

A decisão entre Ponte Preta e Grêmio Marlene foi a última competição da Série A do futebol jundiaiense organizada pelo presidente Antônio de Oliveira, o Toninho, há 28 anos à frente da Liga Jundiaiense de Futebol. Ele deixa o cargo no final deste ano. Como homenagem, recebeu uma placa das mãos do prefeito Pedro Bigardi.
“Meus parabéns ao Toninho pela festa, à Ponte Preta por ter valorizado a conquista de seu adversário e ao Grêmio Marlene pela excelente exibição e a merecida vitória”, declarou o prefeito. A placar tinha os seguintes dizeres: “Parabéns pelos 28 anos no comando do futebol amador, sempre com muita dedicação e garra”.
Thiago Batista – Site Esporte Jundiaí

Pedro Bigardi elogia a qualidade dos atletas em campo

O que mais chamou a atenção de quem acompanhou a partida final do Campeonato Amador entre Ponte Preta, da Agapeama, e Grêmio Marlene, da Vila Marlene, foi a qualidade do espetáculo. E pela quantidade de profissionais ainda em atividade ou recentemente aposentados, em ambos os times, o que se viu foi um bom jogo de futebol no Dal Santo.
"O futebol brasileiro tem muito toque de lado, bola para trás. Os times não vão para cima. Aqui não. Os dois times buscaram o gol o tempo todo. Foi um belo espetáculo. Não parece, de forma alguma, uma partida de futebol amador", destacou o prefeito Pedro Bigardi num dos vários momentos que foi convidado a ser comentarista esportivo das várias emissoras de rádio e TV presentes ao centro esportivo Francisco Dal Santo, na Vila Rami. "A qualidade do nosso futebol amador é tão alta que atrai muitos jogadores de fora. Vários da região vem atuar em Jundiaí, inclusive profissionais, já que o regulamento permite", disse o secretário de Espor…

Caju: Viagem de 13 horas para ser campeão em Jundiaí

Dos atletas que se destacaram na partida final do Campeonato Amador, vencida pelo Grêmio Marlene, o meia Caju, do Grêmio Marlene e ex-profissional do Corinthians, chamou a atenção de forma especial. Aos 24 anos, jogou no futebol português nesta temporada, mas está liberado para voltar ao Brasil.
"Gostaria de ficar aqui, já que minha família é de São Paulo", disse. Ao ser questionado sobre a possibilidade de defender o Paulista, deixou claro seu interesse. "Seria muito bom." Para participar da partida deste domingo, Caju, ex-companheiro de Dentinho e Lulinha nas categorias de base do Corinthians, contou que viajou 13 horas.
"Eu estava em Portugal essa semana resolvendo uns últimos detalhes, inclusive para poder me desligar. Eles já sabem que não pretendo voltar", contou. E valeu o esforço. Saiu de campo como o grande destaque da decisão e responsável direto pela conquista do Grêmio Marlene.
Site da Prefeitura de Jundiaí

Desde 2009, final em ano par não tem cartão vermelho

A decisão do Campeonato Amador de Jundiaí neste domingo confirmou algo que vem ocorrendo nos últimos anos em relação a arbitragem. Desde 2009, se a final ocorre em ano par, não tem cartão vermelho. Se ocorre em ano impar a decisão, em pelo menos um dos jogos tem expulsão. Como 2014 é par, a dupla de árbitros na decisão José Marcelo Gomes e Alessandro Rogério não mostrou o temido cartão vermelho.
AS EXPULSÕES (OU NÃO) NAS ÚLTIMAS CINCO FINAIS 2014 – NENHUMA EXPULSÃO 2013 – UM VERMELHO (HIGUITA – 1º JOGO DA FINAL – JAMAICA) 2012 – NENHUMA EXPULSÃO 2011 – UM VERMELHO (MARQUINHOS – 2º JOGO DA FINAL – GRÊMIO MARLENE) 2010 – NENHUMA EXPULSÃO 2009 – QUATRO VERMELHOS – LEANDRO – 1º JOGO DA FINAL – UNIÃO DA VILA / BADEN – 1º JOGO DA FINAL – GRÊMIO MARLENE / CAIO – 2º JOGO DA FINAL – GRÊMIO MARLENE / PAULINHO KOBAYASHI – 2º JOGO DA FINAL – UNIÃO DA VILA)
Thiago Batista – Site Esporte Jundiaí

Jundiaí empata no futebol e futsal perde na estreia

O futebol e o futsal masculino não venceram em suas respectivas estreias nos Jogos Abertos de Bauru, neste domingo, na 2ª divisão. O futebol masculino não passou de um empate com Penapólis (1 a 1). Já o futsal perdeu por 2 a 1 para Boraceia.
As duas equipes fazem suas segundas partida nesta segunda-feira. O futebol masculino enfrenta Barra Bonita às 9h30. Já o futsal, representado pelo São João, enfrenta Dracena às 18 horas. As duas equipes precisam da vitória para manter o sonho de classificação para a segunda fase da competição.


“Tivemos problemas com a posse de bola e pecamos nas finalizações”, afirmou o treinador Eduardo Mendes, que comanda o futsal. “Precisamos vencer para continuarmos com chances de classificação para a próxima fase”, ressaltou. O futsal jundiaiense atuou com Leonardo; Cabeça, Anderson, Júlio Romanini, Guilherme, Matheus, Jefferson e Carlos.
O futebol masculino, representado pelo Paulista, enfrentou um adversário que congestionou o meio campo, mas não conseguia r…

Basquete da região estreia com derrotas nos Jogos

O basquete da região estreou com derrotas nos Jogos Abertos do Interior – 2ª divisão, em Bauru, neste domingo. O time masculino adulto de Jundiaí, representado pelo Jundiaí Clube, perdeu para Taubaté por 65 a 60. Já a equipe feminina de Itupeva foi superada por Santa Barbará D’ Oeste por 61 a 44.
Medalhas – Na natação a região ganhou três medalhas. Rafael Rorato (SB3), de Vinhedo, foi ouro nos 50m nado peito. Raquel Viel (S12/S13), de Vinhedo, foi ouro nos 100m nado costas.  Isamara Terluliano (S14), de Itatiba, foi prata, nos 200m nado livre.
Outras modalidades – Neste domingo, na bocha, Itupeva perdeu para Santa Barbará D’ Oeste por 2 a 1 e está praticamente fora de avançar aos playoffs.  Nas damas, Jundiaí venceu Igaraçu do Tietê por 17 a 0, e subiu para o 11º lugar com 7,5 pontos. No futsal masculino, Itupeva perdeu para Presidente Venceslau por 4 a 1.  Pelas quartas de final do handebol masculino, Itatiba perdeu para Indaiatuba por 23 a 17. No tênis de campo feminino, Itupeva caiu…

Tênis de campo feminino de Jundiaí cai. Masculino avança

O tênis de campo feminino de Jundiaí foi eliminado por Barra Bonita ao perder por 2 a 1, neste domingo na primeira fase da 2ª divisão dos Jogos Abertos do Interior, que ocorrem em Bauru. Já a equipe masculina venceu Limeira por 2 a 0 pela primeira fase, avançando de fase na “Segunonda” e enfrenta Junqueirópolis nas quartas de final.
Outras modalidades -  O tênis de mesa de Jundiaí perdeu para São Caetano por 3 a 0 e espera o sorteio que será realizado amanhã para definir quem serão seus adversários na próxima fase. A ginástica artística feminina iniciou suas provas nos Jogos Abertos. Segundo os treinadores, a equipe errou na prova da trave o que pode custar preciosos pontos. A equipe luta para alcançar o quarto lugar geral. Já a ginástica rítmica terminou no oitavo lugar no geral.
Thiago Batista – Site Esporte Jundiaí

Ciclismo de Jundiaí tem 6º lugar no mountain bike

A equipe de ciclismo de Jundiaí encerrou sua participação nos Jogos Abertos do Interior – 2ª divisão, que ocorrem em Bauru, com uma boa apresentação na prova de mountain bike. Carlos Henrique Paixão terminou em sexto lugar, e Daniel Julião Ferreira terminou em nono.
Segundo um dos técnicos da equipe, Edmilson Souza Lima, o Deda, a equipe competiu com praticamente a elite do ciclismo nacional. “Tivemos dificuldade, mas mostramos nosso valor”, afirmou. “Acredito que para os Jogos Regionais em 2015 teremos reforços e vamos brigar pelo ouro”, prometeu.
Site da Prefeitura de Jundiaí

Handebol do JHC vence Campinas e avança para semi

A equipe feminina de handebol de Jundiaí, representada pelo JHC, venceu Campinas por 26 a 10 e está classificada para as semifinais da 2ª divisão dos Jogos Abertos do Interior, que ocorrem em Bauru. O próximo adversário será Hortolândia que contratou a equipe de Cascavel (PR), que disputa a Liga Nacional.
Segundo a goleira Paula Dias, a partida será difícil devido à qualidade do adversário. “Será um jogo duro e decidido nos detalhes. Vamos lutar para vencer”, afirmou atleta. A técnica Valdilene Binotto, a Preta, acredita que na força do grupo para passar pelo adversário mais forte da competição até agora.
O jogo – Na partida contra Campinas a equipe dominou as ações desde o primeiro minuto. Com uma defesa forte a equipe jundiaiense impôs seu ritmo jogando nos contra-ataques. O resultado foi um primeiro tempo elástico (11 a 2). No segundo tempo o time manteve o ritmo e fechou o placar em 26 a 10. O horário da partida ainda não foi definido pela organização da competição.
Site da Prefeitur…

Vôlei feminino de Jundiaí perde e está fora dos Abertos

A equipe feminina de vôlei de Jundiaí perdeu para Leme por 3 sets a 0 (25/10, 25/7 e 25/19),neste domingo, e está fora dos Jogos Abertos do Interior, caindo assim nas quartas de final do torneio. Segundo o técnico Moacir Regra, a equipe sentiu o jogo nos dois primeiros sets.
"Leme possui um grupo experiente com atletas que jogam a 1ª divisão na Federação Paulista”, afirmou. Regra disse que apenas no terceiro set a equipe conseguiu se encontrar. “Quando nossas atletas se soltaram o jogo fluiu, mas já era tarde”, lamentou. “Essa experiência nos Jogos Abertos fará muito bem para nossas meninas. Elas ganharam experiência e poderão aplicar isso em quadra no próximo ano” concluiu Regra.
Site da Prefeitura de Jundiaí

Corrida da GM Jundiaí se consolida e atrai 800 participantes

Um evento técnico, com prêmios e cronometragem eletrônica, mas também comunitário, tornou-se a marca da Corrida da Guarda Municipal de Jundiaí em sua 2ª edição anual, realizada neste domingo (23) na avenida União dos Ferroviários. Com 800 participantes, a corrida teve circuitos de 5 e 10 quilômetros.
“Quero parabenizar tanto os organizadores quanto os corredores”, afirmou o prefeito Pedro Bigardi ao realizar a entrega dos prêmios. Nas tendas e na faixa de largada e chegada instalados na margem esquerda do rio Jundiaí, na altura do Jardim Botânico, o clima era de festa.

Para o comandante da Guarda Municipal, José Roberto Ferraz, a inserção da corrida (que faz parte das comemorações dos 65 anos da instituição) no Calendário Municipal de Eventos apenas estimulou mais a iniciativa.
Para Cristóvão Fernandes da Silva, vencedor do masculino geral nos 5 km, as conquistas surgem da dedicação. Morador em São Paulo, participou de 22 corridas neste ano e treina diariamente com sua esposa Andrea Cav…